CIN Vinylclean

Filmaporto lança nova edição das bolsas de apoio a filmes realizados na cidade

Filmaporto lança nova edição das bolsas de apoio a filmes realizados na cidade

O município do Porto abre na próxima segunda-feira, 16 de maio, as candidaturas para a segunda edição do programa de apoio ao cinema produzido na cidade da Filmaporto — film commission.

Em causa, de acordo com a medida aprovada na última reunião do executivo, estão cinco bolsas, no valor de 20 mil euros cada, destinadas a “curtas e longas-metragens de ficção, documentário ou animação, cinema experimental, vídeo-ensaio e séries”.

Pelo segundo ano consecutivo, serão atribuídas três bolsas Neves e duas bolsas Pascaud, modalidades de apoio dirigidas a diferentes candidatos e que devem o seu nome aos fundadores da Neves & Pascaud, a primeira empresa a apresentar filmes ao público no Porto.

Enquanto a bolsa Neves se destina artistas, realizadores e produtores residentes no concelho do Porto, a Pascaud é dirigida a artistas, realizadores e produtores a residir fora do concelho.

Os interessados podem submeter as suas candidaturas até ao dia 3 de junho. Estas serão avaliadas por um júri específico, composto por Ana Moreira, atriz e artista plástica, Joana Gusmão, produtora e programadora, e Samuel Barbosa, realizador e produtor de cinema.

Recorde-se que o programa “Filmaporto” visa estimular a criação de cinema produzido integralmente no Porto e promover a contratação de empresas e técnicos ligados ao setor audiovisual da cidade.

Na edição de 2021 foram selecionados os projetos “Quase me lembro”, de Dimitri Mihajlovic e Miguel Lima, “O Pátio do Carrasco”, de André Gil Mata, e “A Hora da Estrela”, de Rita Barbosa, para a atribuição da bolsa Neves. Por sua vez, a bolsa Pascaud foi concedida a “O Pão”, de Lúcia Prancha, e “Grito”, de Luís Costa.

PUB
www.pingodoce.pt/campanhas/sabor-do-mes/?utm_source=vivaporto&utm_medium=banner&utm_term=banner&utm_content=052022-postadecorvina&utm_campaign=sabordomes

Viva! no Instagram. Siga-nos.