Revista Sabe Bem 70 - PD

Festival Internacional de Cinema de Vila do Conde

Festival Internacional de Cinema de Vila do Conde

Norte de Portugal retratado por realizadores conhecidos do festival

Os nomes dos realizadores a concurso ainda não são conhecidos mas, para celebrar o vigésimo aniversário, o festival desenhou um programa especial de quatro curtas-metragens da autoria de quatro realizadores conhecidos no panorama contemporâneo internacional: Thom Andersen (vencedor do prémio de Melhor Documentário no Curtas 2011), Helvécio Marins Jr. (cineasta participante em edições anteriores do festival e que apresentará uma retrospetiva do seu trabalho), Sergei Loznitsa (autor multipremiado em Vila do Conde, vencedor em 1999 com o Melhor Documentário, e, em 2001, com uma Menção Honrosa da Competição Internacional) e Yann Gonzalez (vencedor do prémio para melhor curta metragem Europeia, em 2006). Todos os trabalhos se centram em histórias ou cenários do Norte do país.

curtas_2Além do programa especial de curtas-metragens, o Festival Internacional de Cinema está também a preparar um livro que compila entrevistas e depoimentos de vários realizadores e personalidades ligadas à sétima arte, captadas ao longo dos últimos 20 anos, assim como uma exposição relativa à cobertura fotográfica que o Curtas conseguiu reunir ao longo de duas décadas. Em comunicado, a organização do festival explicou que a publicação do livro visa “apresentar o contributo dos vários intervenientes que participaram no festival, através de uma série de entrevistas, algumas das quais a cineastas, estabelecendo assim um diálogo entre a obra de cada um e a sua visão sobre o cinema contemporâneo”.

Programa recheado de filmes, exposições e performances

Apesar de o núcleo central da programação do Curtas residir nos filmes e nas competições – internacional, nacional, experimental, vídeos musicais, take one! e curtinhas –  há também a destacar a realização de exposições, performances, workshops, concertos e festas.

No espaço programático “Da Curta à Longa” é habitual verificar-se o regresso de realizadores de algum modo ligados ao passado do festival. Na edição 2012, serão apresentados filmes, em estreia nacional, dos realizadores Laurent Achard (premiado, por exemplo, nos festivais de Clermont-Ferrand e Roterdão), Adrian Sitaru (premiado no Festival de Berlim e, antes disso, vencedor do 18º Curtas em 2010) e Nicolas Provost (premiado em Viena e Roterdão).

curtas_3Já com uma longa experiência na conjugação de cinema e música, o Curtas Vila do Conde apresentou, em edições anteriores, filmes-concerto com músicos ou bandas como Tom Verlaine, The Legendary Tiger Man, Ollie Teeba, United Future Organization, Carlos Bica, Dead Combo, Mão Morta, Dean & Britta, Orelha Negra, Arto Lindsay e Rita Redshoes. Este ano, o público poderá assistir a um “filme-concerto muito especial” – “Black Bombaim – Titans a Cinematic Experience”. De salientar ainda que o festival encomendou à banda Evols um exercício de sonoridades baseado no trio de guitarras elétricas para uma série de filmes selecionados pelos próprios artistas, entre a vasta obra cinematográfica de Robert Todd.

20.º Curtas desvendado na Capital Europeia da Cultura

O Festival Internacional de Cinema vai começar a ser revelado na Guimarães 2012 Capital Europeia da Cultura, de 2 a 6 de julho, com um aperitivo do que se vai passar em Vila do Conde: haverá sessões de filmes premiados, com destaque para o “The Killing”, de Stanley Kubrick.

Mariana Albuquerque

PUB
www.pingodoce.pt/produtos/comida-fresca-takeaway/encomendas/comida-fresca-encomendas-de-natal/?utm_source=cm&utm_medium=cpc&utm_term=leaderboardmobile&utm_content=natal&utm_campaign=takeawaynatal