PUB
Recheio 2024 Profissional

Festival Imaginarius regressa às ruas de Santa Maria da Feira

Festival Imaginarius regressa às ruas de Santa Maria da Feira

O 21º festival Imaginarius – Festival Internacional de Teatro de Rua regressa, de 26 a 29 de Maio, ao espaço público de Santa Maria da Feira.

As ruas, praças, jardins, monumentos e equipamentos culturais da cidade voltam a abrir portas para propostas artísticas contemporâneas, oriundas de diferentes geografias. Nesta edição contam com a presença de 178 artistas, oriundos de 16 países, e um total de 35 companhias.

Serão apresentadas 140 intervenções artísticas, que totalizam 118 horas de conteúdos, entre as quais estão “seis estreias absolutas”, destaca Gil Ferreira, vereador do pelouro da Cultura da Câmara de Santa Maria da Feira e, simultaneamente, director do festival.

Segundo o vereador, em questões de público, preveem-se 75.000 espetadores, um numero que tem como referência o festival pré pandemia, em 2019.

Depois de dois anos de pandemia, a organização entendeu “celebrar o reencontro, reabrir as ruas e os espaços públicos aos artistas, dando-lhes total liberdade de criação”, o que significa que esta edição não terá uma orientação temática.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

Um dos destaques da edição deste ano tem apresentação marcada logo para o primeiro dia do festival, apresentado pela companhia portuguesa Teatro do Mar: “Eu Fêmea”, uma performance “que recorre a uma estrutura de seis metros de diâmetro, com 20 cabines, e que vai beber inspiração à ideia dos espetáculos de Peep Show, levando o público a refletir a feminilidade e a evolução da posição da mulher na sociedade”, realça Telma Luís, gestora do festival.

De França chega “Soirée Magique”, espectáculo de magie nouvelle da Companhia 14h20, que será apresentado no Cineteatro António Lamoso, nas noites de 27 e 28 de Maio (22h00). “Este espetáculo conta com um dos percursores da magie nouvelle no mundo, o Raphael Navarro, e terá uma série de números com levitação, ilusionismo e o cruzamento com outras disciplinas como a dança. Será também um espetáculo bastante poético e é, sem dúvida, um dos destaques em termos de disciplinas no festival”, frisou Telma Luís.

Para as noites de 26, 27 e 28, está marcada a apresentação de uma das estreias absolutas do festival, onde a Elelei Company apresenta, no exterior do Museu Convento dos Loios, “Soy Madera”, uma performance com áudio-descrição, com foco nos mais novos.

Com o intuito de formar públicos, o festival volta, também, a apostar na programação “Imaginarius Infantil”, proporcionando aos mais novos e famílias momentos lúdicos, pedagógicos e de experimentação de artes multidisciplinares. Destaque para os projetos espanhóis “Cubo”, da companhia Elefante Elegante, e “La Bella Tour”, pelo coletivo homónimo de circo e “clown”, bem como para a performance pedagógica “Bicicleta ManiFesta”, do alemão Diogo DeCalle, e a oficina de artes do circo, orientada pela escola portuguesa Salto – International Circus School.

Todos os espetáculos têm acesso gratuito, sendo que alguns estão sujeitos a lotação limitada e, por isso, requerem pré-inscrição ou reserva de lugar.

PUBLICIDADE

PUB
PD-Bairro Feliz