Junta da Galiza

Feira do Livro do Porto arranca esta quinta-feira com 117 pavilhões

Feira do Livro do Porto arranca esta quinta-feira com 117 pavilhões

“As nossas expectativas são sempre de que seja ainda melhor do que no ano passado. Sei que em Lisboa essas expectativas não foram goradas e espero que aqui no Porto também não. Com certeza que vai haver muitos motivos de interesse para vir à feira”, sublinhou Miguel Freitas da Costa.
Apesar de a sessão oficial de inauguração estar agendada para o fim da tarde, a Feira do Livro abre logo à hora do almoço. “Espero que venha muita gente ver e comprar os nossos livros”, afirmou o secretário-geral da APEL, destacando as “dezenas de iniciativas” que integram a programação cultural do evento.
Tal como é habitual, a Feira do Livro apresenta a chamada “Hora H”, que permite, de segunda a quinta-feira, na última hora do evento, a compra de livros com 50% de desconto. Segundo o gestor de marketing da Editorial Presença, Ricardo Sabino, trata-se de uma estratégia que, regra geral, “atrai mais público, nomeadamente num horário em que a Feira tem menos visitantes”.
PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/sabe-bem-poupar-todos-os-dias/?utm_source=vivaporto&utm_medium=banner&utm_term=banner&utm_content=27012023-edicao71utm_campaign=sabebem