PUB
Recheio 2024 Institucional

FC Porto derrota Athletic e apura-se para os “oitavos” da “champions”

FC Porto derrota Athletic e apura-se para os “oitavos” da “champions”

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR
“Os objetivos ainda estão muito longe, mas este primeiro já conseguimos: estar nos oitavos de final da Liga dos Campeões, o que não é fácil”, defendeu Julen Lopetegui.

Os “dragões” apuraram-se esta quarta-feira à noite para os oitavos-de-final da Liga dos Campeões de futebol, ao derrotarem os espanhóis do Athletic Bilbau por 2-0, em jogo da quarta jornada do grupo H. Jackson Martinez e Brahimi foram os autores dos tentos que deram a vitória à equipa portuguesa, que assegurou, desde logo, o apuramento para a fase seguinte, beneficiando também do triunfo dos ucranianos do Shakhtar Donetsk sobre os bielorrussos do BATE Borisov, por 5-0.
O conjunto orientado por Julen Lopetegui conseguiu controlar os acontecimentos durante quase todo o jogo, mostrando tranquilidade no terreno de um adversário sempre forte, que estava obrigado a ganhar para manter as esperanças de qualificação para a fase seguinte ou para a Liga Europa. Em relação ao último jogo do FC Porto (com o Nacional), o técnico basco optou, desta vez, por dar a titularidade ao mexicano Herrera e ao espanhol Tello, por troca com o colombiano Quintero e Ricardo Quaresma. Os azuis e brancos poderiam ter-se adiantado no marcador logo no primeiro tempo, com destaque para duas intervenções de Jackson Martinez (12 e 24 minutos), que fizeram a bola passar a centímetros do alvo. Mas a melhor oportunidade de todas acabou desperdiçada pelo avançado colombiano, que falhou uma grande penalidade (42), mandando a bola à barra, após decisão do árbitro alemão Felix Brych com recurso ao juiz de baliza. Para se redimir, aos 55 minutos, Jackson Martinez conseguiu chegar ao golo, aproveitando uma jogada individual de Brahimi pela esquerda. Logo de seguida, Lopetegui trocou Tello por Quaresma e a equipa ganhou fôlego. Minutos depois, os “dragões” marcaram o segundo tento, assinado por Brahimi, que aproveitou uma falha do guarda-redes Gorka Iraizoz.
No final da partida, o técnico dos azuis e brancos sublinhou que a equipa deu “uma reposta extraordinária”. “Fizemos o tipo de jogo que precisávamos. Reagimos bem às condições do rival, do campo e meteorológicas. Tivemos caráter perante os inconvenientes”, defendeu, reconhecendo que o primeiro objetivo da equipa já foi conseguido: o de estar nos oitavos de final da Liga dos Campeões.

PUBLICIDADE

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/uma-pascoa-saborosa-com-a-sabe-bem/?utm_source=vivaporto&utm_medium=banner&utm_term=banner&utm_content=0324-sabebem78&utm_campaign=sabebem