PUB
Philips S9000

FC Porto contra a intenção de proibir terceiros de terem passes de jogadores

“Se uma discussão maior for feita, chegar-se-á à conclusão de que essa medida é injusta e excessiva. Acho que todos os clubes, não só portugueses, mas também de Espanha e Holanda, que dependem de direitos económicos, precisam convencer a UEFA a fazer uma coisa que não fez, que é discutir o assunto com maior profundidade, esclarecer com todos os agentes de futebol do que se trata e porque se pretende essa discussão”, afirmou. Para o representante dos “dragões”, tendo em conta a complicada situação económica de alguns clubes, é necessário recorrer a outras alternativas para promover a competitividade internacional. “Na Europa, estamos a atravessar uma grande crise, as operadoras televisivas já não pagam o que pagavam, os clubes ressentem-se disso, mesmo as bilheteiras. É necessário, além de uma boa gestão, também recorrer às mais diversas ferramentas para que um clube seja competitivo e isso significa muitas vezes ter um investidor que ajuda a comprar um bom jogador”, explicou.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR
PUBLICIDADE

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/uma-pascoa-saborosa-com-a-sabe-bem/?utm_source=vivaporto&utm_medium=banner&utm_term=banner&utm_content=0324-sabebem78&utm_campaign=sabebem