Recheio

FC Porto brilhou na Champions

FC Porto brilhou na Champions

O FC Porto foi, na última semana, eliminado da Liga dos Campeões, depois de ter perdido a eliminatória contra o Chelsea. Contudo, a sua participação, considerada brilhante pela maior parte dos especialistas, continua ainda a ser motivo de destaque no mercado desportivo nacional e internacional. 

Com esta passagem por aquela que é considerada a prova rainha de futebol, a equipa de Sérgio Conceição confirmou, uma vez mais, a qualidade portista. O próprio treinador londrino, inclusive, realçou a qualidade da equipa azul e branca, tendo-se mostrado positivamente surpreendido com a prestação. No final do encontro com o Chelsea, o técnico portista destacou o “orgulho” sentido nos “jogadores e no grupo”. “Foi dos melhores jogos do FC Porto na Europa. Se não foi o melhor, anda lá perto (…) O nosso trajeto foi fantástico”, assinalou. 

“Foi o culminar de uma caminhada brilhante e, mais uma vez, a confirmação da qualidade portista, que ajudou a reforçar o espaço que há muitos anos ocupa na Europa do futebol”, escreveu, na altura, Ribeiro de Cristóvão no seu espaço de opinião da Rádio Renascença. 

O jogo que ditou a saída do clube da Liga dos Campeões mereceu diversas referências nas Casas de Apostas em Portugal, uma opção cada vez mais consolidada no mercado. 

“Independentemente do desfecho que ditou o afastamento da Champions do campeão português, fica o registo de mais uma passagem muito meritória dos dragões pela edição deste ano da principal competição europeia de clubes que o futebol do burgo tem de lhe agradecer”, destacou ainda o jornalista, locutor e comentador de futebol. 

Ao longo da sua história, o FC Porto já conseguiu conquistar Ligas dos Campeões – em 1987 e 2004 – enquanto que o Chelsea conta apenas com uma vitória da Champions no currículo, conquistada há menos de 10 dez anos, em 2012. 

Com esta participação, recorde-se, o clube portuense conseguiu arrecadar um total de 73 milhões e 542 mil euros, tendo os últimos 10 milhões e 500 mil euros ganhos depois do triunfo frente à Juventus, nos quartos de final. 

A este valor junta-se ainda o do “market pool”, relacionado com os direitos televisivos. No total, a UEFA disponibilizou um valor de 292 milhões de euros, a ser distribuído pelos 32 clubes participantes, em função do valor proporcional dos países. Uma vez que os dragões foram o único clube da Liga a disputar a Prova Milionária, têm direito à totalidade do valor correspondente a Portugal. 

A presença do clube azul e branco na fase de grupos permitiu a angariação de quase 42 milhões de euros, mais 26 milhões e 500 mil euros pelo nono lugar no ranking da UEFA a dez anos. 

Todas as forças da equipa de Sérgio Conceição estão, neste momento, alocadas no campeonato, onde os dragões prometem lutar até ao fim. O FC Porto ocupa, atualmente, o segundo lugar da Liga NOS, depois de ter vencido o Nacional da Madeira (1-0), em partida disputada este domingo. Com este resultado, os dragões conseguiram reforçar o segundo lugar, contabilizando, atualmente, um total de 63 pontos, e reduziram para seis a desvantagem para o líder Sporting e aumentaram a distância para o Benfica, que conta com 57 pontos. 

PUB
api.whatsapp.com/send?phone=+351939990111&text=Ol%C3%A1

Viva! no Instagram. Siga-nos.