PUB
Recheio 2024 Institucional

FBI impede ataque terrorista em Portugal

FBI impede ataque terrorista em Portugal

Um jovem de 18 anos foi detido esta sexta-feira, suspeito de planear uma “ação terrorista” na Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, onde era aluno. O planeamento foi intercetado pelas autoridades norte-americanas, que monitorizam a Internet no geral, redes sociais e a dark web como prevenção do fenómeno do terrorismo.

Foram detetadas assim, conversas em chats nas quais intervinha o jovem português, onde este anunciava a intenção que tinha de cometer um atentado em Portugal.

Ao ser informada, a Policia Judicial (PJ) avançou para diligências de monitorização da vida deste estudante e, em articulação com o Ministério Público, decidiu avançar para buscas domiciliárias na manhã da passada quinta-feira.

Na casa do suspeito, além de planos pormenorizados do ataque armado, foram encontradas armas de fogo e armas brancas.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

O suspeito, de 18 anos de idade, é presente esta sexta-feira a primeiro interrogatório judicial de arguido detido para sujeição à medida de coação tida por adequada.  

Na Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, arrancavam esta sexta-feira, a segunda fase dos exames, que levaria centenas de alunos às instalações.

“O trabalho desenvolvido pelas autoridades permitiu sempre que a segurança da comunidade de Ciências estivesse salvaguardada, não tendo havido, nem havendo, indícios que aconselhem a alterar o normal funcionamento da Escola”, escreveu a FCUL. Já os alunos respondem “Que condições temos de nos concentrarmos para fazermos os exames?” e “Se realmente acham que há condições reunidas mentalmente para os alunos irem fazer exames, estão muito distantes da realidade. Há todo um circo mediático neste momento à volta disto, além do stress e ansiedade que causa em muitos alunos”.

Recorde-se que esta foi uma semana atípica em Portugal, com acontecimentos inéditos: começou pelo ciberataque à Vodafone, seguiu-se para o mesmo tipo de ataque à Revista Visão e mais recentemente aos Laboratórios Germano de Sousa.

PUBLICIDADE

PUB
PD-Bairro Feliz