PUB
Recheio 2024 Profissional

FAP apela a chumbo da proposta de aumento de propinas

FAP apela a chumbo da proposta de aumento de propinas

A Federação Académica do Porto (FAP) enviou uma carta ao Conselho Geral (CG) da Universidade do Porto a pedir que este rejeite a proposta do reitor de subir o valor da propina dos atuais 999 euros para 1037 no ano letivo de 2014/2015.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

De acordo com Rúben Alves, presidente da FAP, o CG vai reunir na próxima sexta-feira para analisar a proposta, que os estudantes esperam ver reprovada, à imagem do que aconteceu “nos últimos dois anos”. No documento enviado ao Conselho Geral, o organismo critica o aumento das propinas em 3,8%, classifica de “obsoleto” o atual sistema de ação social e apresenta “números que relacionam aumento do valor da propina com aumento do abandono escolar”. Entre os argumentos apresentados pelos estudantes está uma “resenha histórica dos resultados orçamentais da Universidade do Porto (U.Porto) nos últimos anos”, com a qual pretendem provar que, “com o valor atual das propinas”, a instituição consegue “gerir-se e apresentar resultados orçamentais positivos”. Rúben Alves lamenta ainda a “obsolescência do sistema de ação social, que hoje não permite que um estudante frequente o ensino superior independentemente da sua capacidade financeira”.

PUBLICIDADE

PUB
Prémio Literatura Infantil Pingo Doce