Santander Escolhas

“Family Film Project” regressa ao Porto na próxima semana

“Family Film Project” regressa ao Porto na próxima semana

Coliseu do Porto, Passos Manuel, Trindade e Maus Hábitos são os quatro espaços que durante a próxima semana, entre 18 e 22 de outubro, vão receber uma nova edição do Festival Internacional de Cinema de Arquivo, Memória e Etnografia – Family Film Project, que, este ano, tem como grande destaque a cineasta Catarina Alves Costa.

Além das habituais sessões competitivas de cinema, o programa da 11.ª edição do evento vai contar com “uma grande diversidade de performances, masterclasses, conversas, sessões especiais, uma oficina infanto-juvenil e, ainda, um filme-concerto”, destacam os promotores.

Em comunicado, é destacado a obra “incontornável no panorama cinematográfico contemporâneo” da realizaora e antropóloga Catarina Alves Costa, que centra o seu trabalho, com frequência, na “realidade portuguesa”. “Este foco na obra da realizadora portuense, inclui uma seleção de alguns dos seus filmes mais emblemáticos: a 21 de outubro serão exibidos ‘Regresso à terra’ (1992) e ‘Seda é um Mistério’(2003), antecedidos por uma masterclass da realizadora (15h00) e, a 22 de outubro, pelas 17h00, terá lugar uma conversa com a cineasta acerca da sua obra e percurso profissional, conduzida por Humberto Martins,seguida do filme ‘O arquiteto e a cidade velha’ (2004). Às 21h00, após a entrega de prémios aos vencedores, será possível assistir ao filme ‘Senhora aparecida’ (1994)”, lê-se.

No total, a secção competitiva, este ano dividida em três temáticas [“Vidas e Lugares”, “Memória e Arquivo” e “Ficção e Animação”], vai contar com 21 obras, oriundas de 15 países.

A abertura do “Family Film Project”, a18 de outubro, vai ser também marcada pelo regresso do ciclo performativo “Private Collection”, com performances do artista Sérgio Leitão. Esta terá lugar no Coliseu do Porto, pelas 18h30, enquanto a de Paulo Pinto, Bibi Dória e Ece Canlı vai ser exibida no espaço do Maus Hábitos, a partir das 21h00.

No mesmo dia, e em parceria com o Coliseu do Porto, a programação do festival inclui, pelas 19h30, a exibição do filme-concerto‘Heróis do Mar’, que pretende homenagear, “através do cruzamento entre cinema, música e teatro, diversas dimensões da cultura popular portuguesa, trazidas ao palco pela própria comunidade”.

A 20 de outubro, pelas 15h00, o Cinema Passos Manuel vai ser palco de uma masterclass da realizadora espanhola Nuria Giménez, sobre o seu premiado filme ‘My Mexican Breztel’ (2019), considerada uma “obra singular na problematização da memória e na apropriação do arquivo, que também será exibida em sessão especial”.

Por sua vez, a manhã do último dia do evento vai ser dedicada à juventude. Crianças e jovens vão poder contar com o habitual workshop que, este ano é novamente dirigido por Tânia Dinis, cineasta e artista que tem estado presente, de diversas formas, no festival, enquanto que, no período da tarde, pelas 14h30, será apresentada uma seleção de mais de uma dezena de pequenos filmes que se estendem do chamado “cinema de apropriação” ao “cinema generativo”.

As entradas para as sessões no Cinema Passos Manuel têm um custo de 3 euros, sendo gratuitas para estudantes. Já no Cinema Trindade o valor é de 6 euros e no filme-concerto, no Coliseu do Porto, os valores ascendem aos 8 euros.

O passe-geral do festival pode ser adquirido pelo valor de 10 euros. As masterclasses e performances têm entrada gratuita.

PUB
www.pingodoce.pt/produtos/comida-fresca-takeaway/encomendas/comida-fresca-encomendas-de-natal/?utm_source=cm&utm_medium=cpc&utm_term=leaderboardmobile&utm_content=natal&utm_campaign=takeawaynatal