PUB
Recheio 2024 Institucional

Expansão do NorteShopping irá gerar aumento “significativo” de emprego

Expansão do NorteShopping irá gerar aumento

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR
As obras para ampliação do espaço deverão arrancar no último trimestre de 2016, “logo que esteja concluído o processo de licenciamento”.

A ampliação do centro comercial NorteShopping, em Matosinhos, irá permitir um aumento “significativo” de emprego.
De acordo com o Estudo de Impacto Ambiental (EIA) do projeto, já disponível para consulta pública, “atualmente, o NorteShopping emprega 2.800 funcionários e, indiretamente, contribui para 4.000 postos de trabalho. Com o projeto de ampliação, prevê-se o aumento destes valores, na ordem dos 25% e 30% respetivamente”.
Na fase de exploração do centro comercial, a empresa estima que sejam criados “700 postos de trabalho diretos e 1.200 postos de trabalho indiretos” e que, durante as obras, sejam envolvidos cerca de 300 trabalhadores.
A Sonae Sierra anunciou, esta quarta-feira, que as obras para ampliação do espaço, e que representam um investimento estimado em 43,5 milhões de euros, deverão arrancar no último trimestre do ano, “logo que esteja concluído o processo de licenciamento”.
A autorização do projeto só poderá ser concedida depois de terminado o período de consulta pública (a 06 de abril) e após a emissão, pela Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte (CCDR-N), de uma Declaração de Impacte Ambiental Favorável ou Condicionalmente Favorável.
Segundo o EIA, “foram identificados diversos impactes negativos resultantes da construção e da exploração do projeto, dos quais se destacam os incómodos e as perturbações provocados pela obra”.
Mas, “tendo em conta as medidas preventivas e de minimização consideradas”, esses impactos negativos “foram avaliados como pouco significativos” e “o impacte positivo mais importante é o aumento do emprego, que foi classificado como significativo”.
A ampliação para sul do atual edifício traduz-se num aumento de 16.990 metros quadrados de área bruta acima do solo e destina-se a comércio, serviços, restauração e atividades complementares próprias de um centro comercial, nomeadamente os cinemas, que serão transferidos da sua atual localização para a cobertura do NorteShopping. O projeto prevê ainda a manutenção dos dois andares e a concretização de três pisos em cave.
A ampliação do centro comercial só foi possível graças a um acordo entre a Câmara de Matosinhos e a Sonae que implicou uma permuta de terrenos, aprovada em abril de 2015 e nos termos da qual a autarquia viabiliza o crescimento do NorteShopping para sul, eliminando o parque de estacionamento ao ar livre que ali existe através de uma permuta daquele terreno municipal com dois lotes de terrenos próximos.
A Sonae assumirá os custos das obras necessárias para as acessibilidades ao centro comercial até ao montante máximo de 1,5 milhões de euros, sendo da competência da autarquia o projeto e a execução das mesmas.
Considerando o impacto urbanístico da proposta, está previsto um novo esquema de circulação automóvel na zona, que inclui uma nova ligação à autoestrada A28.

PUBLICIDADE

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/uma-pascoa-saborosa-com-a-sabe-bem/?utm_source=vivaporto&utm_medium=banner&utm_term=banner&utm_content=0324-sabebem78&utm_campaign=sabebem