PUB
Philips S9000

Estudo revela impacto económico brutal de um festival de cerveja artesanal no Norte

Estudo revela impacto económico brutal de um festival de cerveja artesanal no Norte

Uma análise recente destacou o impacto significativo do Artbeerfest, o festival de cerveja artesanal realizado em Caminha em 2023.

Segundo o estudo conduzido por investigadores do Instituto Politécnico de Viana do Castelo (IPVC) e da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD), o evento gerou um impacto económico total de aproximadamente 5,6 milhões de euros durante os quatro dias de duração.

Com base nos dados coletados, estima-se que cerca de 35 mil pessoas tenham participado da décima edição do Artbeerfest. Dentre esses participantes, 13.230 foram turistas, contribuindo com um total de 4,2 milhões de euros em gastos no concelho. Já os 21.770 visitantes diários, conhecidos como “excursionistas”, despenderam 1,4 milhões de euros.

O presidente da Câmara de Caminha, Rui Lages, enfatizou a importância do festival como um evento-chave para o concelho, destacando o seu papel na promoção da região e no impulsionamento da economia local. Rui Lages revelou ainda que a autarquia apoiou o evento com um montante de 61 mil euros, mais IVA. Por sua vez, o diretor do festival, Otávio Costa, informou que o orçamento total do evento foi de 140 mil euros.

É relevante salientar que o estudo “Caracterização do comportamento do consumidor e avaliação dos gastos globais dos visitantes – 2023” foi conduzido pelo IPVC por iniciativa própria, sem solicitação da Câmara ou da organização do evento. A análise baseou-se em 378 inquéritos, cujos resultados foram extrapolados para o total de participantes do festival.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

De acordo com a investigadora Susana Rachão, do IPVC, o estudo considerou os gastos indicados pelos inquiridos, excluindo as despesas da organização na aquisição de serviços.

De acordo com a publicação do Porto Canal, os resultados também revelaram que a maioria dos participantes tinha formação de nível superior e que a principal motivação para participar do festival era a oportunidade de experimentar novas cervejas artesanais. Além disso, a pesquisa mostrou que a maioria dos participantes veio do Porto e de regiões circunvizinhas.

Em relação aos gastos, mais da metade dos inquiridos investiu em alimentação fora do recinto do festival, com uma média de despesa de cerca de 23 euros por participante. Aqueles que optaram por alojamento local no concelho gastaram, em média, cerca de 122,57 euros.

Fotografia: Pexels

PUBLICIDADE

PUB
Prémio Literatura Infantil Pingo Doce