PUB
Recheio 2024 Institucional

Estudo internacional revela que maioria das mulheres desconhece alternativas à pílula

Estudo internacional revela que maioria das mulheres desconhece alternativas à pílula

O estudo “I Plan On” foi orientado pela empresa independente de pesquisa Growth for Knowledge (GfK) em nove países – Austrália, Brasil, França, Alemanha, México, Rússia, Espanha, Reino Unido e EUA, num período compreendido entre 22 de setembro e 6 de outubro de 2011. Cerca de metade das mulheres analisadas (de um universo de 4.199) estão a utilizar a pílula como método contracetivo, sendo que o preservativo foi referido por 38 por cento das inquiridas. Apenas dois por cento utiliza o implante, três por cento o anel vaginal e quatro por cento o dispositivo intra-uterino.
A pílula e o preservativo são os métodos mais referidos pelos profissionais de saúde. Cerca de 16 por cento das inquiridas afirmaram que o seu médico lhes falou do anel vaginal, 13 por cento do implante e 19 por cento do Dispositivo Intra-uterino (DIU). A investigação mostrou ainda que mais de um quarto das mulheres acredita que as pílulas anticoncecionais são eficazes, independentemente da altura em que são tomadas, quando na realidade, são mais eficazes se tomadas na mesma altura do dia.

PUBLICIDADE

PUB
PD- Revista Sabe bem