Santander Escolhas 2

Estudo afirma que dizer asneiras é benéfico para a saúde

Estudo afirma que dizer asneiras é benéfico para a saúde

Quem diz muitas asneiras é várias vezes rotulado de mal-educado, mas nem sempre é esse o caso. Prova disso são as pessoas do Norte que admitem, divertidamente, usar asneiras no seu vocabulário quase como uma virgula ou advérbio.

Há agora um novo estudo, de um grupo de cientistas de universidades da Suécia e do Reino Unido,
que revela que dizer asneiras pode ser benéfico para a saúde. Ao todo foram analisados 100 estudos académicos sobre os efeitos de usar o calão e os resultados foram publicados na revista científica ScienceDirect.

“O palavrão produz efeitos que não são observados com outras formas de uso da linguagem”, explicam os investigadores, ao Huffpost, agregador de blogues, acrescentando que “isso gera uma série de resultados distintos: fisiológicos, cognitivos, emocionais, analgésicos e retóricos”.

Por exemplo, entre os artigos analisados, um concluiu que as mensagens de texto que continham palavrões “foram julgadas como mais credíveis e/ou persuasivas do que aquelas sem”.

Uma outra investigação concluiu que os palavrões podem levar a “vinculação social e solidariedade”, um reflexo da capacidade de cada individuo ter uma atitude mais relaxada e descomplexada entre amigos, conseguindo manter, contudo, as coisas mais profissionais no trabalho.

Já noutro estudo refere que dizer asneiras está associado à libertação de emoções fortes, podendo até diminuir a perceção de dor. Para provar isso, os investigadores pediram aos participantes para mergulharem as mãos em água gelada.

Aqueles que disseram palavrões, quando o fizeram, conseguiram manter as mãos na água durante mais tempo, ao contrário dos restantes, relatando ainda níveis mais baixos de dor.

PUB
www.youtube.com/watch?v=sGBN85XLjXI/?utm_source=cm&utm_medium=banner&utm_term=leaderboardmobile&utm_campaign=natal