Philips

Estado vai investir 30 milhões para tratamento da paramiloidose

Estado vai investir 30 milhões para tratamento da paramiloidose

Na cerimónia de assinatura do protocolo de utilização do Tafamidis, medicamento para a paramiloidose, através do SNS, o ministro explicou ainda que, se os 30 milhões de euros forem ultrapassados, “a empresa farmacêutica devolverá a parte excedente ao SNS”.
Numa primeira fase, deverão ser abrangidos 450 pacientes que sofrem de paramiloidose – doença com uma forte prevalência em Portugal, especificamente nas regiões norte e centro. Segundo Paulo Macedo, os custos para tratar a paramiloidose com os transplantes hepáticos rondam os 400 mil euros por doente, sendo que o Tafamidis tem um custo de 120 mil euros por pessoa. Ainda assim, acrescentou, o medicamento não evita o transplante hepático, razão pela qual o SNS vai continuar a “dinamizar os transplantes”.
PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/sabe-bem-poupar-todos-os-dias/?utm_source=vivaporto&utm_medium=banner&utm_term=banner&utm_content=27012023-edicao71utm_campaign=sabebem