PUB
Sogrape - Mateus Rosé

Escolas do Porto distinguidas no programa “Escolas Solidárias Fundação EDP”

Escolas do Porto distinguidas no programa “Escolas Solidárias Fundação EDP”

Mais de 900 alunos e professores de escolas de todo o país marcaram presença no 9.º Encontro Nacional Escolas Solidárias Fundação EDP, que, se realizou na terça-feira, e assinalou o fim de um ano letivo dedicado a projetos de intervenção e solidariedade social. O programa contou com 514 escolas, o que, ao todo, envolveu mais de 50 mil alunos, numa edição que, segundo a organização, ficou marcada por uma crescente mobilização.

Sob o mote “#és ou não és?”, as escolas inscritas criaram 1.359 equipas solidárias que desenvolveram 2.356 projetos no âmbito dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU. Empenhados em resolver questões que afetam as comunidades onde se inserem, professores e alunos dedicaram cerca de quatro milhões de horas a este programa que conta com o selo oficial da Secretaria de Estado da Educação e da Direção-Geral da Educação.

No distrito do Porto, as escolas EB de Eiriz, em Paços de Ferreira, EB de Rates, na Póvoa de Varzim, EB Soares dos Reis, em Vila Nova de Gaia, e a ES São Pedro da Cova, em Gondomar, foram distinguidas com a categoria “Distinção”, atribuída às escolas que demostram um desempenho de qualidade superior e distintivo. Por sua vez, a escola EB Júlio Dinis, em Vila Nova De Gaia, foi premiada com a categoria “Revelação”, concedida às escolas que participam pela primeira vez e acrescentam algo novo ao projeto.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

A categoria “Super Escola” foi conquistada pelas escolas EB Padre António Luís Moreira, em Vila Nova De Gaia, EB Santa Bárbara, em Gondomar, EB D. António Ferreira Gomes e EBS de Ermesinde, em Valongo, e a EBS dos Carvalhos. Para obterem este grau, as escolas têm que ter, no mínimo, três inscrições no programa Escolas Solidárias, ter 70% de grau “distinções” – incluindo Revelação – no seu historial de participação, demonstrar elevada performance e uma postura de inovação/melhoria contínua, que é avaliada pelo júri.

Recorde-se que o projeto “Escolas Solidárias Fundação EDP” tem como objetivo a promoção da cidadania nas escolas e incentivar alunos do 2.º ciclo ao ensino secundário a envolverem-se ativamente na resolução das questões sociais que afetam a sua comunidade.

PUBLICIDADE

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/uma-pascoa-saborosa-com-a-sabe-bem/?utm_source=vivaporto&utm_medium=banner&utm_term=banner&utm_content=0324-sabebem78&utm_campaign=sabebem