PUB
CIN - Branco Perfeito

Encerramento de empresas triplicou no segundo semestre de 2011

Encerramento de empresas triplicou no segundo semestre de 2011
PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR
Segundo dados do Instituto Nacional de Estatística (INE) sobre “Sociedades Constituídas e Dissolvidas de 2011 por concelho”, no universo dos 308 concelhos portugueses, foram constituídas 33.040 novas empresas (18.965 no primeiro semestre e 14.075 no segundo semestre), mas em simultâneo foram dissolvidas 32.989 empresas (7810 no primeiro semestre e 25.179 no segundo semestre).
No balanço do primeiro semestre do ano, Portugal tinha ganho 11.147 empresas com base no número das empresas constituídas e dissolvidas mas, levando em conta o último semestre, Portugal fica-se por 51 novas empresas. De acordo com o professor de Economia da Universidade do Porto, Óscar Afonso, o facto de o nosso país ter ganho 51 empresas em 2011 é “assustador”, mas também é uma situação esperada, “tendo em conta o abrandamento tão significativo que aconteceu em Portugal, sobretudo no segundo semestre do ano passado”.
PUBLICIDADE

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/novo-ano-nova-sabe-bem/?utm_source=vivaporto&utm_medium=cpc&utm_campaign=sabebem&utm_term=leaderboardmobile