CIN - Branco Perfeito

Empresas municipais do Porto têm novas instalações

Empresas municipais do Porto têm novas instalações

As empresas municipais do Porto, GO Porto e Porto Ambiente, estão agora situadas no n.º 249 da Rua de S. Dinis, num edifício “totalmente requalificado”, “verde por fora e verde por dentro”, com cuidados ao nível “ambiental e da eficiência”.

Em causa está um trabalho reconhecido internacionalmente, com a norma Leadership in Energy and Environmental Design (LEED), ferramenta de certificação em construção sustentável. “Eficiência energética, hídrica e qualidade do ar, luminosidade ou coberturas verdes, nada foi deixado ao acaso”, realça a Câmara Municipal do Porto.

Para o presidente, Rui Moreira, a reabilitação deste edifício, “que estava num estado lastimável”, representa um “sinal e um impulso de que a cidade precisa deste tipo de reabilitações”.

A intervenção, segundo adianta a nota divulgada pelo município portuense, incluiu a demolição parcial de alguns elementos, bem como a ampliação pontual e construção de comunicações verticais, de forma a adequar às necessidades funcionais, legislações aplicáveis e segurança contra incêndios.

Adicionalmente, foram instalados vários painéis solares no imóvel, bem como um sistema de gestão técnica centralizada de edifícios.

“Todas as soluções foram consideradas para maximizar os benefícios: um sistema de ventilação natural sofisticado, incluindo criterioso dimensionamento das áreas de janelas e sistema de notificação dos ocupantes sempre que for conveniente a abertura das janelas (com sensores de controlo de qualidade do ar); 40% de economia de energia face a um edifício de referência (equipamentos de AVAC e iluminação com eficiência energética com sensores de luminosidade, ventilação natural, painéis fotovoltaicos); 40% de economia de água em equipamentos sanitários (sistema de aquecimento de água através de painéis solares, torneiras e equipamentos sanitários com controlo de caudal e temporização). Da mesma forma, as instalações estão dotadas de uma cobertura verde plana e duas coberturas inclinadas, compostas por vegetação, foram implementadas no edifício. Além de conferirem um ambiente agradável quer para os utilizadores do edifício, quer para as edificações vizinhas, contribuem para o controlo da temperatura e conforto acústico”, detalha.

Com a alteração de morada da GO Porto e da Porto Ambiente, outrora instaladas num edifício arrendado, na Rua do Eng. Ferreira Dias, a Câmara Municipal do Porto, além de um “impacto ambiental menor, uma poupança ambiental de cerca de 40%, no qual todas as águas são reaproveitadas”, conseguiu também a poupança de uma “renda”.

Segundo explicou o autarca, a proposta de reabilitação do edifício da Rua de S. Dinis foi do vice-presidente da Câmara do Porto, Filipe Araújo.

Os trabalhos representaram um investimento na ordem dos quatro milhões de euros.

Fotografia: Miguel Nogueira | Porto.

PUB
www.pingodoce.pt/campanhas/sabor-do-mes/?utm_source=cm&utm_medium=banner&utm_term=leaderboardmobile&utm_content=carne&utm_campaign=sabordomes