PUB
Recheio 2024 Institucional

Emprego na região Norte mantém tendência de crescimento

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR
O emprego na região Norte cresceu 0,9% no segundo trimestre deste ano, face ao período homólogo de 2013.

No segundo trimestre de 2014 o emprego na região Norte cresceu 0,9%, face ao período homólogo do ano anterior, segundo revelou esta segunda-feira a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte (CCDR-N).
De acordo com o relatório trimestral Norte Conjuntura, o emprego na região continuou a crescer, mantendo, assim, a tendência do trimestre anterior (no qual havia aumentado 1,5%). A CCDR-N ressalvou, ainda assim, que, em termos absolutos, “a expansão do emprego regional face ao período homólogo (+14 mil indivíduos) ficou muito aquém do recuo observado no desemprego (-44.000 desempregados)”. “A incidência do desemprego de longa duração continua a registar novos máximos históricos. No segundo trimestre, 72,4% dos desempregados da região do Norte estavam há mais de um ano à procura de emprego (valor que compara com 68,2% no trimestre anterior e com 65,6% no trimestre homólogo do ano passado). Quase metade (49,1%) do total estavam mesmo desempregados há mais de 2 anos”, avança o documento, que aponta ainda para uma subida da taxa de desemprego jovem de 32,1% para 37,6%. Em relação ao nível salarial, a média mensal líquida dos trabalhadores por conta de outrem no Norte foi de 756 euros no segundo trimestre do ano, mais 2,6% do que no homólogo de 2013, “em virtude do aumento de 1,7% no salário médio nominal, acrescido por uma inflação negativa”.
De referir ainda o aumento das exportações, que registaram uma subida de 8,5% entre abril e junho, comparativamente a igual período de 2013. “No segundo trimestre de 2014, o crescimento do valor total das exportações da região do Norte face ao período homólogo do ano anterior foi impulsionado sobretudo pela subida das exportações de combustíveis minerais, de caldeiras, máquinas e aparelhos mecânicos, de calçado, de vestuário de malha e seus acessórios e ainda de produtos da fileira automóvel”, esclareceu a CCDR-N.

PUBLICIDADE

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/uma-pascoa-saborosa-com-a-sabe-bem/?utm_source=vivaporto&utm_medium=banner&utm_term=banner&utm_content=0324-sabebem78&utm_campaign=sabebem