É tão bom comer assim PD

Eleitos os projetos apoiados pelas “Bolsas Filmaporto”

Eleitos os projetos apoiados pelas

Já são conhecidos os cinco projetos que serão apoiados pela segunda edição das «Bolsas Filmaporto». Os eleitos são: «A História do Futebol Esteve Aqui», de José Magro; «Marias», de Tânia Dinis; «Florescência – Infinito Infinito», de Mariana Caló e Francisco Queimadela, «A Emancipação de Mimi», de Marcelo Pereira; e «Volta», de Pedro Lino.

O apoio, no valor de 20 mil euros para cada projeto, foi atribuído através de um concurso que teve como júri Joana Gusmão (produtora e programadora), Ana Moreira (atriz e artista plástica) e Samuel Barbosa (realizador e produtor de cinema).

Segundo a Ágora, o programa de apoio anual pretende “estimular a criação de cinema produzido integralmente no Porto e promover a empregabilidade e contratação de técnicos e empresas ligadas ao setor audiovisual da cidade”.

O concurso prevê duas modalidades dirigidas a diferentes candidatos: a bolsa Neves destinada a artistas, realizadores e produtores residentes no concelho do Porto, e a bolsa Pascaud é para candidatos a residir fora da cidade. Em ambas as situações, 60% da equipa deverá residir no Porto há, pelo menos, dois anos.

Referir que as bolsas foram nomeadas em homenagem a António Neves e Edmond Pascaud, fundadores da Neves & Pascaud, a primeira empresa a apresentar filmes ao público no Porto e proprietária de salas como o Cinema Batalha e o Salão Trindade.

Foto: Ágora

PUB
www.pingodoce.pt/folhetos/?utm_source=cm&utm_medium=cpc&utm_term=leaderboardmobile&utm_content=etaobompouparassim&utm_campaign=institucional