PUB
Recheio 2024 Institucional

Eixo Atlântico quer fim do ‘roaming’ nas fronteiras

Eixo Atlântico quer fim do 'roaming' nas fronteiras

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR
A associação transfronteiriça defende a eliminação do ‘roaming’ de dados e voz nas zonas de fronteira, à semelhança do que aconteceu na Bélgica e no Luxemburgo.

O Eixo Atlântico defendeu esta terça-feira, em comunicado, que, à semelhança da Bélgica e do Luxemburgo, os governos de Portugal e de Espanha deviam acabar com o ‘roaming’ de dados e voz nas zonas de fronteira.
Segundo defendeu a estrutura (que reúne os interesses das 34 maiores cidades do Norte de Portugal e da Galiza), o acordo entre a Bélgica e o Luxemburgo “vem demonstrar que é possível a eliminação do ‘roaming’ na Europa, apesar da posição contrária assumida pelo Conselho da Europa, posição essa, liderada pela França, Espanha e Portugal”. A associação transfronteiriça reclamou, assim, a adoção “de uma medida semelhante”, pelos governos português e espanhol, na próxima cimeira ibérica. Com a alteração, passaria a ser possível utilizar qualquer operadora, portuguesa ou espanhola, na zona da fronteira, sem custos acrescidos e independentemente do país em que os utilizadores do serviço se encontrem.

PUBLICIDADE

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/novo-ano-nova-sabe-bem/?utm_source=vivaporto&utm_medium=cpc&utm_campaign=sabebem&utm_term=leaderboardmobile