Philips

E as milhares de pessoas que continuam isoladas entre quatro paredes?

E as milhares de pessoas que continuam isoladas entre quatro paredes?

Estamos em pleno século XXI, todos os dias surgem novas invenções, novas tecnologias e quebram-se mais barreiras. Orgulhamo-nos de receber grandes eventos internacionais e de sermos destino turístico de eleição. Mas, e as milhares de pessoas que continuam isoladas entre quatro paredes? Durante o confinamento, o mundo inteiro teve oportunidade de sentir na pele aquilo que as pessoas com deficiência motora passam diariamente, a vida inteira. Agora que retomámos a vida normal, vão voltar a deixar-nos para trás?

Estamos cansados. A falta de acessibilidades continua a ser um dos principais fatores de exclusão social das pessoas com deficiência. Ao longo dos anos temos batalhado neste tema e as mudanças continuam a surgir a conta-gotas.

Este ano, lançámos importantes campanhas de comunicação, como o “Quebra Degraus ” e “Liberte 1 Milhão de Portugueses”, que nos permitiram sensibilizar e impactar uma importante fatia da população e colocar, uma vez mais, o tema em cima da mesa. O projeto “+Acesso Para Todos – Por Comunidades Mais Inclusivas” realizou mais de 100 ações, em 15 municípios do país, impactando mais de

2.000 pessoas. Continuamos também presentes nas escolas, com ações que já sensibilizaram 2.345 alunos. E esta é apenas uma pequena parte do nosso trabalho.

Reunimos com as entidades que têm responsabilidade sobre o tema e continuamos a pressionar para que as promessas saiam do papel. Acreditamos que as diferentes entidades têm de trabalhar em conjunto para uma mudança efetiva e correta do tema.

Mas será que é suficiente? É urgente que o tema ganhe mais importância e que mais vozes se levantem e abordem esta problemática, de forma a pressionar, cada vez mais, por soluções concretas.

Há um tema prioritário, pelo qual temos batalhamos nos últimos anos, que é a necessidade urgente de uma atualização do Decreto-Lei, que preveja menos exceções, que obrigue a uma fiscalização por entidades com competência técnica, capacitando-as de mais recursos, e que aplique coimas a quem não cumpra a legislação, de forma a criar condições para um país sem barreiras, que seja acessível a todos, sem exceção.

Acreditando no potencial de toda a sociedade enquanto agente de mudança, a Associação Salvador desafia o país a juntar-se a este movimento, através da assinatura de uma petição.

É urgente uma revisão ao Decreto-Lei, que garanta fiscalização. É urgente a integração plena de todos, sem exceção. Ninguém deve ficar para trás!

 Salvador Mendes de Almeida

PUB
www.pingodoce.pt/produtos/comida-fresca-takeaway/encomendas/menu-seleccao-do-chef/menu-dia-dos-namorados-3/?utm_source=cm&utm_medium=cpc&utm_term=leaderboardmobile&utm_content=diadosnamorados&utm_campaign=menudochef