PUB
Recheio 2024 Profissional

Douro Film Harvest sem estrelas e com mais gastronomia

Douro Film Harvest sem estrelas e com mais gastronomia

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR
A Douro Village (um espaço com provas de vinho, demonstrações de cozinha e feira do livro temática) que será montada em frente ao Teatro Rivoli é uma das novidades do evento.

A 5.ª edição do festival de cinema Douro Film Harvest foi apresentada esta segunda-feira sem o anúncio da presença de grandes estrelas da sétima arte, mas com uma programação mais centrada na gastronomia, na enologia e na cidade do Porto. Em edições passadas, o certame convidou figuras como Sophia Loren, Andie MacDowell e Bo Derek, mas, desta vez, Manuel Vaz, diretor de festival, sem nenhuma figura mediática para anunciar, afirmou que “a estrela, este ano, é a própria programação”. Na lista de novidades do Douro Film Harvest, que decorrerá entre os dias 14 e 21 de setembro, está a Douro Village (um espaço com provas de vinho, demonstrações de cozinha e feira do livro temática) que será montada em frente ao Teatro Rivoli, onde decorrerá o grosso das exibições. Outro ponto de paragem obrigatória do certame será o restaurante Clérigos, no Passeio dos Clérigos, que proporcionará aos visitantes aquilo que a organização designa de “cinema experience”, com apresentação de filmes, tertúlias e jantares temáticos.
Com o orçamento mais baixo de sempre, a rondar os 100 mil euros, o evento apresenta 24 filmes ligados à temática do vinho e da comida, todos em estreia nacional, sendo que, nesta edição, vai prestar tributo ao realizador duriense João Botelho. O festival arranca com uma pré-apresentação do seu programa “Curtas da Casa” em Provosende, Sabrosa, que com a Quinta do Portal, no mesmo concelho e a Quinta do Pôpa, em Tabuaço, perfazem os locais do interior duriense onde haverá projeção de cinema. Os outros espaços serão o teatro municipal Rivoli e o edifício Axa, no Porto, onde será possível ver o “Curtas da Casa”, uma competição nacional de curtas-metragens com filmes que têm de ser rodados na região duriense ou no rio Douro e com argumento relacionado com os povos, as tradições, as tendências e o imaginário deste território.
Entre os filmes a ser exibidos destaque para “Jiro dreams of sushi”, de David Gelb, um documentário sobre o mais famoso chef de sushi de Tóquio, Jiro Ono, e para “The wine of summer”, que conta com Sónia Braga no elenco e que vai estar em estreia mundial no festival.

PUBLICIDADE