Philips S9000

Douro é Cidade Europeia do Vinho e há muitas iniciativas programadas

Douro é Cidade Europeia do Vinho e há muitas iniciativas programadas

O Douro foi eleito a «Cidade Europeia do Vinho» em 2023, estando prevista a realização de dezenas de iniciativas ao longo do ano, para promover o enoturismo, o património, a cultura e o vinho e para mostrar o território à Europa.

«All Aroud Wine, All Around Douro» é o lema da candidatura e este galardão, conquistado em Bruxelas, é, segundo a Comunidade Intermunicipal do Douro (CIM), “um dos mais importantes da história da região”, que é património mundial da humanidade desde 2001.

De acordo com a CIM, citada pela agência Lusa, os 19 autarcas estão “preparados para dar corpo ao desafio” Douro Cidade Europeia do Vinho 2023, “juntamente com as entidades locais e regionais e os cerca de 22 mil produtores, assumindo a urgência da valorização do produto e a construção de uma região equilibrada e com sustentabilidade”.

“Abrir o Douro ao mundo é ademais outro propósito desta candidatura. A região do Douro, durante décadas a fio, centrou-se apenas e só na produção de vinho. Hoje o Douro, território de paisagens carismáticas com alma e atitude, com o seu aprazível rio navegável, tem a ambição legítima de trazer o mundo ao Douro. E será esta descoberta do Douro, esta vivência do Douro “in situ” que gerará mais-valias ao que produzimos, ao que aqui criamos, ao nosso vinho, à nossa vinha, à nossa gente”, sublinhou a Comunidade Intermunicipal.

Esta é, assim, “uma oportunidade para promover o enoturismo, a cultura e o património” e evidenciar “o vinho como elemento estratégico e essência da atividade económica”, concluiu a CIM.

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/sabe-bem-poupar-todos-os-dias/?utm_source=vivaporto&utm_medium=banner&utm_term=banner&utm_content=27012023-edicao71utm_campaign=sabebem