CMPorto

Dia Mundial da Liberdade de Imprensa assinala-se esta terça-feira

Dia Mundial da Liberdade de Imprensa assinala-se esta terça-feira

O Dia Mundial da Liberdade de Imprensa, proclamado pela ONU em 1993, é assinalado sob o lema “Jornalismo na Era Digital”, para se refletir sobre o impacto do digital na liberdade de expressão, segurança dos jornalistas, acesso à informação e privacidade.

A Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO), em parceria com o Governo do Uruguai, promove uma conferência mundial até quinta-feira, dia 5de maio, de forma a discutir o lema.

Ainda dentro da ONU, mas em Genebra (Suíça), está prevista uma sessão especial com a participação da Alta-Comissária da ONU para os Direitos Humanos, Michelle Bachelet, e dos laureados com o Nobel da Paz 2021, a jornalista filipina Maria Ressa e o jornalista russo Dmitry Muratov.

Num momento em que se trava uma guerra na Europa, o papel da imprensa e dos jornalistas que estão a cobrir o conflito na Ucrânia também está em destaque neste Dia Mundial.

Segundo Josep Borrell, chefe da diplomacia europeia, referiu que a segurança dos jornalistas “é uma prioridade da União Europeia”, os profissionais da comunicação social “desempenham um papel crucial” para assegurar que graves violações dos direitos humanos e do direito humanitário internacional “não fiquem impunes”.

PUB
www.pingodoce.pt/campanhas/sabor-do-mes/?utm_source=vivaporto&utm_medium=banner&utm_term=banner&utm_content=092022-carnepicadaangus&utm_campaign=sabordomes