Philips

DGS recomenda adoção de “medidas de proteção individual” durante a Páscoa

DGS recomenda adoção de “medidas de proteção individual” durante a Páscoa

Uso de máscara, higienização das mãos e espaços arejados. Estas são as principais recomendações da Direção-Geral de Saúde (DGS) para o período festivo que se avizinha, a Páscoa, sinónimo de muitos encontros familiares.

O alerta em causa surge numa altura em que, de acordo com a diretora-geral da Saúde, Graça Freitas, a transmissibilidade da covid-19 ainda ser “muito elevada”, apesar de o R(t) ser inferior a 1.

A responsável recordou ainda que a “pandemia não acabou” e que, por isso, é necessário continuar a manter as medidas de proteção individual. Um cuidado que deve ser reforçado, particularmente, quando há “contacto com pessoas mais vulneráveis”.

“Estamos longe de um verão descontraído e seguro”, sendo, por isso, essencial “continuar a vigilância epidemiológica e recomendar as medidas de proteção individual”, completou.

Recorde-se que até ao dia 22 de abril Portugal continua em situação de alerta, no âmbito da pandemia de covid-19.

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/diga-ola-ao-verao-com-a-sabe-bem/?utm_source=cm&utm_medium=banner&utm_term=leaderboardmobile&utm_content=sabebem&utm_campaign=sabebem