PUB
CIN - Branco Perfeito

Dezenas de empresas conseguiram aumentos salariais este ano

Dezenas de empresas conseguiram aumentos salariais este ano

“A luta está a dar resultados. Muitos trabalhadores conseguiram aumentos salariais depois de processos de luta ou de ameaças de luta”, afirmou à Lusa Armando Farias, da comissão executiva da Intersindical. A entidade fez um levantamento de mais de 30 empresas nas quais foram acordados aumentos salariais nos primeiros dois meses do ano, com efeitos retroativos a 1 de janeiro. A Renova, a Seda Ibérica e a Key Plasticos foram algumas dessas empresas onde a negociação resultou em aumentos salariais de 1,5 %. Por sua vez, na Continental Mabor o aumento do salário foi de 2,2%, o do prémio de antiguidade foi de 3,5% e o do subsídio de refeição 3%. Na Fima, na Olá e na Farame os aumentos salariais foram de 3%.
“Tendo em conta o bloqueio na contratação coletiva, aconselhamos os sindicatos a apresentarem cadernos reivindicativos para negociação direta com as empresas e isso deu resultados”, sublinhou Armando Farias. Ainda assim, foram conseguidos alguns aumentos no âmbito de acordos coletivos de trabalho, como o do comércio retalhista do distrito de Bragança, com um aumento de 1,5%.

PUBLICIDADE

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/uma-pascoa-saborosa-com-a-sabe-bem/?utm_source=vivaporto&utm_medium=banner&utm_term=banner&utm_content=0324-sabebem78&utm_campaign=sabebem