PUB
Sogrape - Mateus Rosé

Dez municípios apelam ao alargamento da quota de captura de sardinha

Dez municípios apelam ao alargamento da quota de captura de sardinha

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR
Matosinhos, Figueira da Foz, Sesimbra, Peniche, Nazaré, Sines, Loulé, Portimão, Setúbal e Olhão exigem ao Governo que sejam rapidamente definidas “as medidas de acompanhamento para responder aos problemas resultantes da interdição e imobilização temporária das embarcações”.

Dez autarquias portuguesas exigem ao Governo o aumento da quota de captura de sardinha para este ano e o próximo, mostrando-se solidárias com os pescadores de Peniche e da Nazaré, impedidos desde sábado de capturar aquela espécie.
Para o presidente da Câmara de Peniche, António José Correia, a quota do próximo ano deverá poder chegar às “30 mil toneladas”. Os autarcas de Matosinhos, Figueira da Foz, Sesimbra, Sines, Loulé, Portimão e Setúbal e Olhão – que se mostraram solidárias com os dois municípios afetados pela proibição – relembraram que o aumento da quota de captura não põe em causa a gestão do stock, que, ainda assim, “continuará a crescer em dois por cento”. Os responsáveis reclamam igualmente “um aumento da quota para 2015”, fixada nas 13 mil toneladas para todo o país. Na posição conjunta, as autarquias exigem ao Governo que sejam rapidamente definidas “as medidas de acompanhamento para responder aos problemas resultantes da interdição e imobilização temporária das embarcações”, medidas essas que serão discutidas na terça-feira pela Comissão de Acompanhamento da Pesca da Sardinha.

PUBLICIDADE

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/novo-ano-nova-sabe-bem/?utm_source=vivaporto&utm_medium=cpc&utm_campaign=sabebem&utm_term=leaderboardmobile