Bairro Feliz - PD

Desvios de trânsito em vigor

Desvios de trânsito em vigor

O principal condicionamento de trânsito atualmente em vigor, no âmbito das obras de construção da Linha Rosa, acontece na rua dos Clérigos, que permanecerá cortada ao trânsito rodoviário até ao final deste ano.

Como consequência deste corte, a Rua do Almada também não tem saída rodoviária quer para o Largo dos Lóios quer para a Praça da Liberdade. Esta rua fica, porém, com dois sentidos de circulação desde a zona do Banco de Portugal (até então apenas com um sentido). Em alternativa, quem pretende deslocar-se para os Aliados, pode utilizar a Praça Guilherme Fernandes e a Rua de Ceuta (ambas com dois sentidos) ou a Rua Conde de Vizela.

Adicionalmente, está também previsto um corte no trânsito pedonal da Rua dos Clérigos, a realizar em breve, mas que nunca vedará, completamente, a passagem de peões. Esta interdição vai acontecer de forma faseada, pelo que enquanto algumas partes ficarão interditas outras estarão livres para circulação.

A circulação automóvel está também interdita no Largo dos Lóios e no Largo de São Domingos, neste último caso devido ao desvio do rio de Vila.

Fora do âmbito da estação S. Bento/Liberdade, existe também o corte quase total da rua Clemente Menéres devido à construção da estação Hospital Santo António, no Jardim do Carregal, que deverá manter-se até outubro de 2024. A alternativa passa por ir pela Travessa do Carregal, seguindo pela Rua Miguel Bombarda, depois Rua do Rosário e Rua Prof. Jaime Rios de Sousa, entrando novamente pelo troço final de Clemente Meneres.

Na Galiza, verificam-se apenas pequenos condicionamentos, com ruas que antes tinham duas vias e agora têm apenas uma.

Por sua vez, no âmbito da construção da futura estação Casa da Música II, ocorrem alguns condicionamentos na Avenida de França, mas pouco significativos, uma vez que a circulação continua disponível nos dois sentidos. Já na Rua General Norton de Matos, a circulação rodoviária foi totalmente interrompida no troço entre as ruas de Rocha Martins e de Vitorino Nemésio.

No que respeita aos condicionamentos de trânsito verificados por causa dos trabalhos de expansão da linha Amarela, o grande destaque vai para o corte na circulação rodoviária no túnel de Santo Ovídio, que se deverá manter até ao final de 2023.

A circulação automóvel na Rua D. Manuel II e no cruzamento da Rua do Clube dos Caçadores com a Rua do Rosário está, atualmente, interrompida, devido às obras da estação Manuel Leão. Tendo em conta os trabalhos da Estação Hospital Santos Silva, parte da Rua São Tiago ficou interdita ao trânsito automóvel.  

Por último, também o estacionamento na Rua Salgueiro Maia está interdito, devido à construção da estação de Vila d’Este.

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/um-regresso-saboroso-com-a-sabe-bem/?utm_source=vivaporto&utm_medium=banner&utm_term=banner&utm_content=23092022-edicao69utm_campaign=sabebem