Junta da Galiza

Destino português entre os melhores eleitos pela National Geographic

Destino português entre os melhores eleitos pela National Geographic

Se é fã de viagens já deve estar a pensar em planear algumas para o próximo ano. A National Geographic também já se adiantou e lançou uma lista com os destinos obrigatórios a visitar em 2023, onde se pode inspirar. No total são 25 locais divididos por cinco categorias oficiais: comunidade, natureza, cultura, família e aventura.

A lista contempla “lugares cheios de maravilhas, recompensadores para viajantes de todas as idades” e que apoiam “comunidades e ecossistemas locais”, entre os quais os Açores.

Segundo avança a prestigiada revista, nos Açores, encontram-se “programas de sustentabilidade premiados, que conservam as maravilhas naturais deste arquipélago vulcânico conhecido pela observação de baleias e nascentes térmicas”.

Na categoria de «natureza», na qual o arquipélago está inserido, estão também as Terras Altas, na Escócia, o Parque Nacional de Big Bend, no Texas, as rotas de ciclismo na Eslovénia e o Botswana, um símbolo de biodiversidade de reabilitação de espécies ameaças de extinção.

Por outro lado, na opção «cultura», com lugares onde a história e o património imperam, encontra-se o Grande Museu Egípcio, no Cairo; Busan, a segunda maior cidade de Coreia do Sul; o Museu Afro-Americano Internacional em Charleston, Carolina do Sul; e as grutas de Longmem, na China, que são património da UNESCO.

Entre os «melhores destinos para família» estão os trilhos na Suíça; o Crosstown Trail de São Francisco, na Califórnia; a observação de pássaros na Colômbia; o salvamento de tartarugas em Trinidad e Tobago; e a cidade de Manchester, em Inglaterra.

Já nos destinos de «aventura» a National Geographic elegeu a Nova Zelândia, o país que inventou o bungee jumping; Choquequirao, no Peru, um local inca isolado que está fora do radar; Utah; Alpes austríacos; e o Parque Nacional Revillagigedo, no México, que abriga uma das maiores agregações de tubarões e raias manta do mundo.

Por fim, na categoria «comunidade», que este ano substitui a categoria de sustentabilidade, Gana; Laos; Alberta, no Canadá; Milwaukee, no Wisconsinou; e Karpathos, nas Ilhas do Dodecaneso, Grécia, foram as eleitas.

PUB
www.pingodoce.pt/produtos/comida-fresca-takeaway/encomendas/comida-fresca-encomendas-de-natal/?utm_source=cm&utm_medium=cpc&utm_term=leaderboardmobile&utm_content=natal&utm_campaign=takeawaynatal