PUB
PD - Revista Sabe Bem 73

Desemprego atinge o valor mais baixo dos últimos 27 anos

Desemprego atinge o valor mais baixo dos últimos 27 anos

Pela primeira vez em 27 anos, o número de desempregados inscritos nos centros de emprego ficou em junho abaixo das 300 mil pessoas, destacou esta quarta-feira o Ministério do Trabalho com base nos dados do Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP).

“No fim do mês de junho de 2019, estavam registados, nos Serviços de Emprego do Continente e Regiões Autónomas, 298.191 indivíduos desempregados”, refere o documento do IEFP, acrescentando que “o total de desempregados registados no País foi inferior ao verificado no mesmo mês de 2018 (-34204; -10,3%) e, no mesmo sentido, ao mês anterior (-6 980; -2,3%).”

Segundo a agência Lusa, citada pela Rádio Nova, o gabinete do ministro do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social salientou, em comunicado, que “para encontrar um número mais baixo é preciso recuar a dezembro de 1991, altura em que se registaram 296,6 mil desempregados inscritos”.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

O número de desempregados registados desceu em todas as regiões do país. Na região Centro (40,8 mil), Alentejo (13,5 mil) e Lisboa e Vale do Tejo (88,9 mil), o desemprego alcançou os níveis mais baixos de que há registo. No Norte, há 124,9 mil desempregados – o valor mais baixo em 17 anos. Também o desemprego registado no Algarve (7,9 mil) está em níveis comparáveis aos observados no início dos anos 2000.

O desemprego jovem baixou para as 27,7 mil pessoas, com uma redução homóloga de 12,2% (-3,8 mil pessoas) e um decréscimo face ao mês anterior de 8% (-2,4 mil pessoas).

Também o desemprego de longa duração baixou, para as 134,9 mil pessoas, menos 17,1% do que no mesmo mês do ano passado (-27,9 mil) e menos 1,0% face ao mês de maio (-1,4 mil).

PUB
www.pingodoce.pt/download-app/?utm_source=vivaporto&utm_medium=cpc&utm_campaign=poupashaker&utm_term=leaderboardmobile