PUB
Recheio 2024 Institucional

Decisão relativa ao futuro do fundo do Aleixo adiada para janeiro

Decisão relativa ao futuro do fundo do Aleixo adiada para janeiro
A assembleia-geral do fundo de investimento imobiliário do Aleixo (Invesurb) foi hoje suspensa, tendo sido adiada para janeiro qualquer decisão sobre a sua eventual liquidação ou manutenção.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

Em declarações aos jornalistas no final da reunião magna realizada no Porto, o presidente da autarquia, Rui Moreira, referiu que apenas foi cumprida uma parte da agenda de trabalhos, relacionada com “a análise da atual situação do fundo”, designadamente com a sua falta de liquidez. De resto, quanto ao futuro do fundo, Moreira frisou que nada está decidido. “Todos sabem qual é a situação do fundo, de alguns acionistas, nomeadamente, portanto temos que olhar para isto numa situação de ajustamento àquilo que é a realidade”, realçou, afirmando esperar que em janeiro seja tomada uma decisão. De recordar que o fundo de investimento imobiliário foi criado pelo anterior executivo camarário para gerir o processo do bairro do Aleixo.

PUBLICIDADE

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/uma-pascoa-saborosa-com-a-sabe-bem/?utm_source=vivaporto&utm_medium=banner&utm_term=banner&utm_content=0324-sabebem78&utm_campaign=sabebem