PUB
Recheio 2024 Institucional

Curtas de Vila do Conde com 16 obras nacionais a concurso

Curtas de Vila do Conde com 16 obras nacionais a concurso
A competição nacional do 24.º festival internacional de Curtas de Vila do Conde, que decorre de 9 a 17 de julho, inclui 16 filmes, entre autores consagrados e estreantes.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

Em comunicado, a organização refere que “a competição nacional ilustra a singularidade do cinema português através de um conjunto de filmes que desafiam as fronteiras entre géneros e temas. Esta seleção apresentará obras de autores consagrados e de cineastas estreantes em 16 filmes que provam que o cinema português se renova de forma constante”.
“A brief history of princess X”, de Gabriel Abrantes, “A casa ou máquina de habitar”, de Catarina Romano, “À noite fazem-se amigos”, de Rita Barbosa, ou “O dia do meu casamento”, de Anabela Moreira e João Canijo, são algumas das obras incluídas na competição nacional, cujo melhor filme receberá um prémio no valor de dois mil euros.
A organização do festival revelou também que a retrospetiva “In Focus” deste ano vai ser dedicada à companhia nova-iorquina Bordeline Films, criada em 2003 por Antonio Campos (realizador de ”Afterschool”), Sean Durkin and Josh Mond.
“Nesta retrospetiva, serão exibidos os filmes mais significativos deste trio: as suas curtas-metragens de iniciação e as longas, cujo sucesso crítico tem sido assinalável. Apresentando filmes como ‘James White’, ‘Marta Marcy May Marlene’ e ‘Simon Killer’, esta será uma mostra que permitirá descobrir estes autores e a forma como estão a mudar o cinema americano”.
Na competição internacional vão estar 38 filmes de autores como Jennifer Reeder, Theodore Ushev, Bertrand Mandico, Deborah Stratman, Salla Tykkä, Ben Rivers e Dustin Guy Defa. Destaque para os “emergentes” Nadav Lapid e Konstantina Kotzamani.
A competição experimental, “onde se encontram filmes que desafiam as convenções narrativas e cinematográficas”, irá abranger realizadores como Mike Hoolboom, Daïchi Saïto, Christoph Girardet, Matthias Müller, Siegfried A.Fruhauf ou Jay Rosenblatt.
O Curtas vai voltar a contar com uma competição de vídeos musicais, com uma competição direcionada para o público infantil intitulada Curtinhas e a Take One!, reservada a estudantes.
O festival vai apresentar ainda trabalhos nacionais que já passaram por outros festivais, mas que retratam o panorama nacional cinematográfico, incluindo “A Balada de um Batráquio”, de Leonor Teles, e “Ascensão”, de Pedro Peralta.
Esta 24ª edição do Curtas vai contar ainda com os já anunciados filmes-concerto de Jay-Jay Johanson, Tindersticks, The Legendary Tigerman e de The Greg Foat Group.

PUBLICIDADE

PUB
PD-Bairro Feliz