PUB
Recheio 2024 Institucional

Cruz Vermelha acorreu a 50 mil emergências em 2011

Feito o balanço de 2011, a organização revelou que foram efetuados mais de 200 mil transportes de doentes e que acorreu a 50 mil emergências pré-hospitalares em todo o país, tendo, para o efeito, percorrido um total de cerca de seis milhões de quilómetros. Estes são alguns dos números que fazem parte de uma campanha informativa levada a cabo pela Cruz Vermelha e que pretende dar a conhecer as atividades desenvolvidas e o apoio prestado em todo o território nacional.
Em análise estarão as principais áreas de ação e projetos da Cruz Vermelha Portuguesa das quais se destacam os cuidados de saúde, emergência, crianças, emergência social, ensino superior na área da saúde, ensino de socorrismo e profissional, formação e empreendedorismo, igualdade de género, prevenção da violência, tecnologias de apoio à distância, seniores e dependentes.
De acordo com Luís Barbosa, presidente nacional da Instituição, nos últimos anos, a organização “tem vindo a aperfeiçoar o seu sistema de atuação na área de emergência, dispondo, hoje, de uma estrutura orgânica simples que integra e coordena as capacidades de resposta aos níveis nacional, regional e local, permitindo apoiar um maior número de pessoas”. Dispondo de cerca de 4.000 voluntários com formação específica e de aproximadamente 8.000 voluntários de apoio geral, a Emergência CVP totaliza cerca de 600 equipas de emergência em todo o país, as quais são especializadas nas áreas de socorro e transporte, apoio logístico, apoio à sobrevivência, apoio psicossocial, comunicações e pesquisa e localização, entre outras.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

PUB
Pingo Doce- Revista Sabe Bem