PUB
Recheio 2024 Institucional

Construção de casas no São João de Deus vai avançar

Construção de casas no São João de Deus vai avançar

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR
As novas casas serão ocupadas por alguns dos atuais moradores para que as residências onde agora vivem possam ser recuperadas.

A empresa municipal Domus Social, da autarquia portuense, comunicou, recentemente, em Diário da República (DR), a abertura do concurso público para a construção de habitações a custos controlados nos antigos terrenos do bairo de São João de Deus.
Em declarações ao jornal Público, o presidente da Junta de Freguesia de Campanhã, Ernesto Santos, garantiu que o concurso será o primeiro passo para a recuperação do bairro. Reduzido às antigas casas unifamiliares, após a demolição do derradeiro bloco de prédios, em 2008, o bairro tem sido considerado um símbolo de abandono na zona Oriental do Porto. As novas residências serão ocupadas por alguns dos atuais moradores, que libertarão as casas que hoje ocupam, permitindo a sua reabilitação. O anúncio do concurso lançado pela Domus Social não revela quantas casas serão construídas. O preço base global da construção é de 585 mil euros e os interessados têm 30 dias para apresentar as suas propostas a concurso. Depois de adjudicada a empreitada, o vencedor terá 210 dias para concluir os trabalhos.
De recordar que o bairro S. João de Deus, frequentemente apelidado de “Tarrafal”, começou a ser demolido no primeiro mandato de Rui Rio.

PUBLICIDADE

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/novo-ano-nova-sabe-bem/?utm_source=vivaporto&utm_medium=cpc&utm_campaign=sabebem&utm_term=leaderboardmobile