PD - revista Sabe Bem

Concurso internacional distingue projeto “CoronaSurveys”

Concurso internacional distingue projeto “CoronaSurveys”

Aferir, em tempo real, o número de casos de Covid-19 em todo o mundo, é o propósito do projeto CoronaSurveys, que acaba de ser distinguido no “XPRIZE Pandemic Response Challenge” com uma menção honrosa e um prémio no valor de 3 mil euros em crédito AWS­­­­­.

Em Portugal, o estudo conta com a participação de Carlos Baquero, investigador do Laboratório de Software Confiável (HASLab) do INESC TEC e professor da UMinho, e de Raquel Menezes, também docente da UMinho.

O CoronaSurveys pretende determinar a incidência da pandemia em vários países. O inquérito, que pode ser acedido via web ou via aplicação móvel, está disponível em 60 idiomas, oferecendo “diferentes visualizações da evolução da pandemia e níveis de risco”.

A participação e distinção no “XPRIZE Pandemic Response Challenge” representou “uma oportunidade de trabalho na componente de previsão. Foram desenvolvidas previsões de evolução a cerca de 20 dias, e comparados os resultados entre as equipas, tendo o nosso projeto alcançado um patamar com bons resultados face à evolução real observada”, afirma Carlos Baquero, citado pelo INESC TEC.

A competição foi projetada para “aproveitar o poder dos dados e da inteligência artificial para dotar os policy makers com as perceções e orientações necessárias para implementar medidas de segurança pública, que ajudem a manter as economias locais abertas enquanto de minimiza os surtos de vírus, à medida que as vacinas se tornam mais amplamente disponíveis”, explica o Instituto.

De referir que o estudo CoronaSurveys é liderado pelo investigador Antonio Fernandez Anta, do IMDEA Networks, um instituto espanhol que faz investigação em redes de dados.

PUB
bandodomar.pingodoce.pt/?utm_source=vivaporto&utm_medium=banner&utm_term=banner&utm_content=080321-bando&utm_campaign=lancamento

Viva! no Instagram. Siga-nos.