PUB
Recheio 2024 Profissional

Concluída a primeira composição chinesa para a Metro do Porto

Concluída a primeira composição chinesa para a Metro do Porto

A China Railway Rolling Stock Corp (CRRC) Tangshan já concluiu o fabrico da primeira de 18 novas composições encomendadas pela Metro do Porto. Em comunicado, a empresa chinesa afirmou que a composição irá passar por um período de testes, na província de Hebei, antes de seguir para Portugal.

O presidente da CRRC Tangshan, Zhou Junnian, frisou no documento que, por culpa do “impacto adverso trazido pela covid-19”, a produção da primeira composição só arrancou “em novembro de 2021”, sendo concluída “após mais de oito meses de esforços”.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

Referir que a empresa recebeu em outubro de 2020 autorização para iniciar o fabrico, depois da Metro do Porto ter recebido o visto prévio do Tribunal de Contas. Na época, a Lusa noticiou que fonte oficial do Metro adiantou que a CRRC poderia entregar pelo menos “uma ou duas unidades” até ao fim do ano de 2021, sendo as restantes composições entregues até 2023, ao ritmo de um POR mês.

De acordo com a fabricante chinesa, cada uma das composições terá capacidade para 334 passageiros e velocidade máxima de 80 quilómetros por hora. As composições irão servir as novas linhas Rosa, no Porto, entre São Bento e a Casa da Música, e o prolongamento da linha Amarela, entre Santo Ovídio e Vila d’Este, em Gaia.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

PUB
Pingo Doce- Revista Sabe Bem