PUB
Recheio 2024 Institucional

Compras online geram 39 reclamações por dia, revela Portal da Queixa

Compras online geram 39 reclamações por dia, revela Portal da Queixa

Numa altura em que as compras online começam a dominar a forma de consumo dos portugueses e na semana em que acontece a Black Friday, o Portal da Queixa analisou o volume de reclamações relacionadas com o comércio eletrónico desde o início do ano.

De acordo com a plataforma, os consumidores estão a apresentar uma média de 39 queixas por dia: entre 1 de janeiro e 19 de novembro de 2020, chegaram ao Portal da Queixa 12.559 reclamações relacionadas com compras online, “um crescimento de 155% face ao período homólogo, onde foram registadas apenas 4924”. 

“O TOP 10 das marcas que registaram a maior aumento de reclamações face a 2019, é representativo do aumento exponencial das compras online, fruto do contexto pandémico e do consequente confinamento, que empurrou consumidores e marcas para uma relação mais digital do que nunca”, salienta a equipa do Portal da Queixa.

Produtos de Estética e Cabeleireiros; Eletricidade e Eletrónica; e Vestuário de Homem e Senhora foram as categorias que registaram maior crescimento de reclamações.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

“A tabela permite, ainda, identificar a tendência de consumo online dos portugueses que marcou o período em análise, com destaque para a decoração da casa e para a aquisição de tecnologia”, acrescenta, salientando a importância, para as marcas, do “reforço do seu serviço e posicionamento digital, bem como, a resposta aos problemas apresentados pelo cliente resultantes da digitalização, no sentido de garantir a satisfação e confiança dos consumidores”.  

Esta semana acontece a Black Friday e, de acordo com um estudo realizado pela Worten, quase 40% dos portugueses admite comprar exclusivamente online e 84% dos consumidores mantém a expectativa de poder aproveitar as campanhas promocionais.

O Portal da Queixa relembra que, em 2019, entre 1 de novembro a 15 de dezembro , foram registadas na plataforma 274 reclamações relativas à Black Friday. Entre os principais motivos, estiveram a falha e atraso de entrega (41%); burla (23%); apoio ao cliente (18%); pagamento (11%); devoluções e/ou troca (4%); envio de produto errado (3%).

Para combater “os perigos que se escondem nas compras online”, o Portal da Queixa lançou a campanha #NãoSejasPato, que conta a participação do OLX, MB WAY, Worten, CTT, KuantoKusta e euPago. Aumentar a literacia digital dos consumidores, alertar para os perigos da internet, evitar burlas e esquemas fraudulentos, ajudar a população a fazer compras com maior segurança e confiança, são os principais objetivos desta iniciativa que terá a duração de um ano. 

PUBLICIDADE

PUB
PD- Revista Sabe bem