PUB
Recheio 2024 Institucional

Coliseu do Porto aumenta receitas para mais de metade

Coliseu do Porto aumenta receitas para mais de metade
Mais de um ano depois da entrada em funções da nova direção, encabeçada por Eduardo Paz Barroso, o Coliseu do Porto registou, em 2015, um aumento de 56% nas receitas com parcerias para 380 mil euros.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

Num conjunto de informações enviadas à Lusa, o Coliseu do Porto afirmou ter fortalecido “as relações com os fundadores institucionais”, bem como aprofundado “a relação com o município do Porto, com os municípios dele vizinhos e realizou novas parcerias com mecenas e parceiros como a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, Misericórdia do Porto, a Porto Lazer, a Associação Comercial do Porto, o Instituto Politécnico do Porto e o Balleteatro, entre outros”.
De acordo com o mesmo documento, o Coliseu do Porto, que tem 18 funcionários, prevê que venha a ocorrer “apenas uma redução do número da sua estrutura permanente de três pessoas encarregues de funções avaliadas como não vitais para o cumprimento da missão da instituição”, numa “reorganização funcional” que também passou pelas funções de chefia e pela diminuição do recurso a horas extraordinárias e que “representa uma poupança de mais de 100 mil euros por ano”.
Desta forma, a administração do espaço espera que se dê uma melhoria do resultado operacional, ainda que estes números continuem negativos.
A estrutura, que cumpre 75 anos já em 2016, mostra-se “focada no acolhimento e na programação do cruzamento entre cultura e animação (…), na orientação para o território de intervenção que é o seu: cidade e área metropolitana do Porto e região Norte”.

PUBLICIDADE

PUB
PD- Revista Sabe bem