PUB
Recheio 2024 Institucional

Ciência Viva em Férias arranca hoje com a participação de antigos e novos alunos

Ciência Viva em Férias arranca hoje com a participação de antigos e novos alunos

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR
Mostrar aos jovens “o que é fazer ciência e o que é ser investigador” é o objetivo do programa.

O Ciência Viva no Laboratório – Ocupação Científica de Jovens nas Férias (OCJF) arranca esta quinta-feira, contando com a participação de cerca de 20 ex-alunos que passaram pelo Instituto de Patologia e Imunologia Molecular do Porto. Ao todo, o IPATIMUP vai acolher 30 alunos, sendo que a primeira fase arranca com oito, que vão ter a oportunidade de trabalhar diretamente com os investigadores.
Em comunicado, o instituto explicou que pretende apostar “num acompanhamento personalizado e de proximidade, o que permite aos estudantes saberem o que é fazer ciência e o que é ser investigador”. Assim, cada grupo de dois alunos será integrado num grupo de investigação e acompanhado pelo investigador responsável. Num primeiro momento, a intenção será a de dar a conhecer aos jovens os procedimentos básicos de um laboratório. “Posteriormente, cada aluno irá desenvolver as técnicas básicas de Biologia Molecular como, por exemplo, extração de ADN a partir de material biológico, realização de um PCR (Polymerase Chain Reaction) específico das referidas amostras, observação do produto de PCR e posterior sequenciação”, descreveu.
O programa Ciência Viva no Laboratório visa proporcionar aos estudantes do ensino secundário uma oportunidade de aproximação à realidade da investigação científica e tecnológica através da realização de estágios nas mais diversas áreas científicas em laboratórios públicos e privados e centros de investigação de todo o país. A iniciativa já mobilizou mais de 11 mil alunos que frequentaram estágios científicos em laboratórios de instituições de todo o país.

PUBLICIDADE

PUB
PD-Bairro Feliz