PUB
Recheio 2024 Profissional

Cidade Europeia do Desporto 2013

Cidade Europeia do Desporto 2013
Depois de um 2012 que absorveu, a cem por cento, toda a comunidade em torno da Cultura, “Guimarães não pára” e promete voltar a fazer história além-fronteiras, desta vez numa área distinta, a do Desporto. Este ano, a localidade berço de Portugal assume com intensidade máxima a liderança dos motores da Cidade Europeia do Desporto (CED), sendo a primeira do país a receber o referido estatuto. Ao longo de 2013, a área desportiva vai, assim, ser celebrada às escalas europeia, nacional e local, através de um programa que integra mais de uma centena de atividades.

ced3“Mesmo num tempo em que a exiguidade de recursos financeiros nos limita a ambição, ousamos construir uma programação que promete momentos únicos a todos quantos vivem apaixonadamente o desporto”, afirmou Amadeu Portilha, vereador do pelouro do Desporto da autarquia vimaranense e presidente da comissão executiva da CED 2013. E a celebração desta linguagem universal como “fator de aproximação dos povos” arrancou este sábado, dia 19 de janeiro, às 18:00 horas, no Multiusos de Guimarães, com um espetáculo que misturou vídeo, luzes e performances desportivas.

“Inovação, ousadia e ambição” em 50 modalidades diferentes

Até dezembro, a Cidade Europeia do Desporto preparou um conjunto de ações que, de acordo com o mesmo responsável, têm como principais bandeiras as da “inovação, ousadia e ambição”. “A um ritmo de mais de um evento por semana, programámos mais de uma centena de atividades, em 50 modalidades diferentes, envolvendo 45 clubes desportivos, dez federações, 16 associações desportivas regionais, seis universidades e 20 escolas”, enumerou Amadeu Portilha. A CED 2013 vai, então, acolher mais de 20 mil atletas, treinadores e dirigentes, apoiados por mais de sete mil horas de voluntariado desportivo. “Utilizaremos cerca de meia centena de instalações desportivas e equipamentos públicos, prometemos invadir o espaço público mais iconográfico da nossa cidade e queremos, a cada momento, surpreender os vimaranenses e quem nos visita”, acrescentou.

ced5“Estudar o presente para melhorar o futuro”

Um dos desafios da Cidade Europeia do Desporto é o de lançar os alicerces para um conhecimento alargado da realidade desportiva local e o próprio fenómeno desportivo em si. Desta forma, nada melhor do que envolver académicos, cientistas, desportistas e variadas instituições públicas e privadas em torno de uma forte aposta nas áreas da investigação e do conhecimento. A programação da CED 2013 reflete, portanto, um conjunto de parcerias firmadas com as Universidades do Minho e do Porto, o Instituto Superior da Maia (ISMAI), o IPAM (The Marketing School) e o Instituto Superior de Protocolo, em Madrid.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

Os estudos realizados pela comunidade académica vão permitir a investigação de temáticas como a obesidade infantil, a oferta e procura desportiva, a participação desportiva, o perfil do gestor desportivo em Guimarães, o ordenamento do território desportivo e o impacto da área na economia local.

ced4“Um palco de grandes competições”

Diversidade será a palavra chave do programa da iniciativa, que integra modalidades para todos os gostos e públicos. Um dia depois do arranque oficial do evento, a cidade berço vai acolher o Torneio de Judo “Um Pódio para Todos”. Para o dia 6 de fevereiro está agendado um jogo amigável de futebol entre as seleções de Portugal e do Equador. Mas os desafios vão mais longe, com um Festival Ibérico de Natação Sincronizada, no dia 9; um Campeonato Nacional de Boccia, a 16 e 17 do mesmo mês; um Torneio Internacional de Pólo Aquático, no dia 9 de março e um Sarau de Dança e Fitness, programado para 23.

E na perseguição do objetivo de dar mais visibilidade a determinadas modalidades desportivas, a CED 2013 contará também com a Maior Aula de Karaté de Sempre, no dia 18 de maio; o Guimarães Rugby Festival, a 1 e 2 de junho; o Campeonato Nacional de Juvenis em Atletismo – 22 e 23 do mesmo mês; o Open de Ténis de Guimarães, entre os dias 22 e 28 de julho e o Hóquei Patins Fest, agendado para 28 e 29 de setembro.

ced6Numa lógica de provar que o desporto é também “a expressão de uma cultura e de uma identidade”, Guimarães terá igualmente uma série de atividades culturais e de expressão artística. De 20 de abril a 28 de julho, por exemplo, a Casa da Memória vai acolher uma exposição de caricaturas e cartoons do desporto, numa espécie de “viagem” pelos eventos, acontecimentos e protagonistas desportivos vimaranenses proposta pelo médico e artista Miguel Salazar. Depois, no dia 29 de junho, a CED 2013 vai homenagear, durante a Gala do Desporto, os melhores atletas e clubes de Guimarães, numa cerimónia de participação gratuita, realizada na Plataforma das Artes e da Criatividade. De salientar ainda a resposta do Cineclube de Guimarães ao mote lançado pela Cidade Europeia do Desporto 2013 com a organização de um ciclo anual de cinema, que inclui até sessões ao ar livre, durante o mês de julho.

ced7Levar o desporto a todos os cidadãos

Além de defender a importância da aquisição de hábitos saudáveis, Guimarães pretende ainda provar aos cidadãos que o desporto representa uma eficaz forma de convívio, independentemente da idade. Assim, todos os domingos de manhã, em junho e julho, serão “Ativos”, na Alameda Alfredo Pimenta, onde pais, filhos, amigos e conhecidos estão convidados a praticar desporto. Para o dia 29 de junho, a CED 2013 preparou também um conjunto de atividades desportivas, jogos tradicionais e conversas nas várias praças da cidade. Aberta a toda a comunidade está ainda a prova de orientação noturna “Orienta-te!”, agendada para os dias 19 e 20 de outubro, no centro histórico e no Castelo de Guimarães.

Texto: Mariana Albuquerque | Fotos: CED 2013
PUBLICIDADE

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/uma-pascoa-saborosa-com-a-sabe-bem/?utm_source=vivaporto&utm_medium=banner&utm_term=banner&utm_content=0324-sabebem78&utm_campaign=sabebem