PUB
Recheio 2024 Institucional

Ciclo de obras de Manoel de Oliveira continua no Porto

Ciclo de obras de Manoel de Oliveira continua no Porto
O Teatro Rivoli e o Museu de Serralves apresentam esta sexta, sábado e domingo, mais cinco filmes de Manoel de Oliveira, que fazem parte do ciclo que decorre até ao próximo dia 12.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

A obra “Vou para Casa”, de 2001, passará em Serralves, esta sexta-feira, pelas 22h, com uma história sobre um ator bem sucedido que perde a família num acidente de viação.
No sábado, o filme do cineasta portuense “Porto da Minha Infância” será exibido no Rivoli, pelas 21h, em simultâneo com o festival Porto/Post/Doc, e terá a apresentação de António Preto e Dario Oliveira.
Já no domingo, Serralves vai apresentar três longas-metragens, sendo a primeira “O Princípio da Incerteza”, baseada no romance de Agustina Bessa-Luís, “Jóia de família”.
Depois, às 18h30, passará a obra rodada em 2003, “Um filme falado”, onde o cineasta portuense fala de uma viagem de recreio que é também uma viagem pela civilização mediterrânica.
Por fim, Serralves apresentará “O Quinto Império – Ontem como hoje”, filme de 2004, que se baseia na peça de teatro “El-Rei Sebastião” de José Régio, e que foi responsável pela atribuição de um Leão de Ouro no Festival de Veneza a Manoel de Oliveira.
O enredo foca um dos momentos mais decisivos da História de Portugal, aquele em que um rei travou a sua mais temerária batalha e deixou o país na miséria.
Este ciclo, que é uma homenagem ao mestre portuense do cinema, continua depois com a apresentação de outras obras como “Do Visível ao Invisível”, dia 8, “Rencontre Unique” ou o “Gebo e a Sombra”, ambos no dia 12.
O preço dos bilhetes para cada sessão é de 3 euros.

PUBLICIDADE

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/uma-pascoa-saborosa-com-a-sabe-bem/?utm_source=vivaporto&utm_medium=banner&utm_term=banner&utm_content=0324-sabebem78&utm_campaign=sabebem