PUB
Recheio 2024 Institucional

Cena Contemporânea de Matosinhos vai homenagear Fernanda Lapa

Cena Contemporânea de Matosinhos vai homenagear Fernanda Lapa
A homenagem à atriz e encenadora é um dos pontos altos do festival, que integrará debates, concertos, espetáculos e um workshop de dramaturgia.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

Entre os dias 18 e 30 de setembro, Matosinhos receberá a primeira edição de um festival de teatro destinado a homenagear a língua portuguesa. Uma dezena de espetáculos, debates, concertos, um workshop de dramaturgia e uma exposição são alguns dos ingredientes do Cena Contemporânea de Matosinhos, iniciativa que foi apresentada esta quarta-feira no Cine teatro Constantino Nery.
Um dos principais destaques da programação é, como não poderia deixar de ser, a homenagem à encenadora e atriz Fernanda Lapa, que cumpre 50 anos de carreira e que esteve associada aos primeiros passos da programação de teatro no município. De sublinhar ainda a estreia absoluta da peça “O meu país é o que o mar não quer”, de Ricardo Correia, o espetáculo “Aldeotas”, do ator brasileiro Gero Camilo, a “Ode Marítima”, de Fernando Pessoa, na voz de João Grosso, a peça “Um dia os réus serão vocês”, centrada no julgamento de Álvaro Cunhal em 1950, e o ensaio público da peça “Breviário Gota D’Água”, que o Constantino Nery vai estrear no próximo mês. Durante o evento, o escritor angolano Ondjaki vai orientar uma conferência, apresentando um novo livro resultante de uma experiência dramatúrgica recente. Destaque ainda para a intervenção “Que deus lhe dê em dobro”, dos brasileiros Dragão 7, que ocorrerá de surpresa numa rua de Matosinhos a 23 de setembro.

PUBLICIDADE

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/novo-ano-nova-sabe-bem/?utm_source=vivaporto&utm_medium=cpc&utm_campaign=sabebem&utm_term=leaderboardmobile