PUB
Junta da Galiza

CEiiA vai desenvolver estruturas para avião da chinesa Guanyi

CEiiA vai desenvolver estruturas para avião da chinesa Guanyi

O Centro de Engenharia e Desenvolvimento de Produto (CEiiA), em Matosinhos, e a Guanyi assinaram um contrato para a conceção e desenvolvimento de algumas das principais aeroestruturas do primeiro avião a construir pela empresa chinesa.

De acordo com a diretora-geral do CEiiA, Helena Silva, os engenheiros do centro deverão dedicar, na fase inicial, entre 30 a 40 mil horas à conceptualização de aspetos essenciais do avião, o GA20, ao longo dos próximos dois anos. A participação neste projeto visa ainda atrair partes subsequentes do desenvolvimento do GA20 para Portugal. “Quando entramos num projeto com estas características, a nossa ambição passa sempre por tentar mantermo-nos no ciclo de vida do avião”, explicou a responsável, citada pelo Jornal de Negócios, acrescentando que o objetivo é “começar pela engenharia e, depois, procurar atrair para Portugal a industrialização de algumas peças”.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

O Centro de Engenharia e Desenvolvimento do Produto vai conceber para o GA20 as asas, a fuselagem central e o estabilizador horizontal. A longo prazo, o contrato vai gerar dois milhões de euros de faturação para o centro, como poderá também, se se conseguir fabricar em Portugal as peças desenhadas, constituir um grande negócio para Portugal.

O centro tem 250 engenheiros, dos quais 20 vão ser alocados ao GA20 durante os próximos anos. O CEiiA exporta para 10 países, dos quais os continentes europeu e americano representam 70% do total.

PUBLICIDADE

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/novo-ano-nova-sabe-bem/?utm_source=vivaporto&utm_medium=cpc&utm_campaign=sabebem&utm_term=leaderboardmobile