PUB
Recheio 2024 Profissional

CCDR-N diz que “a curto prazo” não há verba comunitária para requalificar o Bolhão

CCDR-N diz que “a curto prazo” não há verba comunitária para requalificar o Bolhão

De acordo com fonte oficial da entidade, “tendo em consideração as verbas já comprometidas, com um volume muito significativo de fundo aprovado, não se prevê que, a curto prazo, seja lançado um concurso ou convite com os objetivos de requalificação do Mercado do Bolhão”. Apesar de admitir que o projeto de recuperação do emblemático espaço portuense se enquadra “nas prioridades de apoio do ON.2 – O Novo Norte (Programa Operacional Regional do Norte), nomeadamente no eixo “Coesão Local e Urbana”, fonte do gabinete de comunicação da CCDR-N explicou que o problema é que as verbas já destinadas a outras iniciativas deixam pouca margem de manobra para a referida obra. Assim, de acordo com a mesma fonte, a requalificação do Bolhão só poderá ser equacionada “se, entretanto, forem libertadas verbas do fundo aprovado”.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR
PUBLICIDADE

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/uma-pascoa-saborosa-com-a-sabe-bem/?utm_source=vivaporto&utm_medium=banner&utm_term=banner&utm_content=0324-sabebem78&utm_campaign=sabebem