PUB
Recheio 2024 Institucional

Casa de Serralves acolhe primeira exposição em Portugal da norte-americana Trisha Donnelly

Casa de Serralves acolhe primeira exposição em Portugal da norte-americana Trisha Donnelly
A Casa de Serralves, no Porto, recebe a partir desta sexta-feira e até ao dia 10 de setembro, a primeira exposição, em Portugal, da norte-americana Trisha Donnelly, composta por um conjunto de peças sem título.

PUBLICIDADE - CONTINUE A LEITURA A SEGUIR

Logo à entrada, a exposição começa pela música de Wendy Carlos, compositora popularizada pelas bandas sonoras de filmes de Kubrick como “The Shining” e “Laranja Mecânica”, perante uma projeção do teto até ao chão, seguindo-se um conjunto de peças espalhadas pelo edifício.
Suzanne Cotter, diretora do Museu de Serralves, classificou o trabalho de Donnelly, com quem trabalhou pela primeira em 2007, como “poderoso”, destacando “não haver muitos artistas que pudessem enfrentar a Casa de Serralves como ela”.
As peças, entre projeções, fotografias criadas de forma analógica e desenhos, estão dispostas pelo rés-do-chão e primeiro andar da casa, um edifício “considerado o mais notável exemplo de art déco em Portugal”, construído entre 1925 e 1944, como residência privada para o segundo conde de Vizela, Carlos Alberto Cabral.
“Integrando numerosas exposições coletivas em todo o mundo, a artista participou na 10.ª Bienal de Sharjah, em 2011, e nas edições 54 e 55 da Bienal de Veneza, em 2011 e 2013, respetivamente. Donnelly recebeu o prestigiado Luma Foundation Photography Prize em 2010. Foi nomeada para o Hugo Boss Art Prize em 2012”, referiu a Fundação de Serralves.

PUBLICIDADE

PUB
PD-Bairro Feliz