Philips

Campanha apela ao regresso dos portugueses às salas de cinema

Campanha apela ao regresso dos portugueses às salas de cinema

Convidar os portugueses a retomar o hábito de ir às salas de cinema é o objetivo da campanha #VamosAoCinema, desenvolvida por várias associações do setor.

 “É um convite que pretende envolver todos os portugueses no regresso às salas de cinema. Todos os cinemas que já se encontram abertos cumprem com as regras de higiene e segurança impostas pela [Direção-Geral da Saúde], estando por isso aptos e à espera de poder receber todos os apaixonados pela experiência de ver um filme no grande ecrã”, explica o diretor-geral da Associação Portuguesa de Defesa de Obras Audiovisuais (FEVIP), Paulo Santos, uma das entidades que compõem o movimento #VamosAoCinema.

De acordo com o Notícias ao Minuto, além da FEVIP, o movimento inclui o Instituto do Cinema e do Audiovisual (ICA), a Associação para a Gestão Coletiva de Direitos de Autor e de Produtores Cinematográficos e Audiovisuais (GEDIPE), a Academia Portuguesa de Cinema e a Associação Portuguesa de Exibidores de Cinema (APEC).

“Queremos que as pessoas regressem às salas e experienciem algo único que só o cinema consegue oferecer: risos, lágrimas, emoção, adrenalina… e às vezes tudo isto num só filme. E além de satisfazerem um forte desejo, estão também a contribuir para que este setor da cultura consiga recuperar a robustez de outrora. No fundo, este projeto tem objetivos muito concretos: contribuir para a estabilidade social e económica do país, e principalmente para a manutenção de uma oferta cultural democrática e diversificada”, salientou Paulo Santos.

A campanha arranca esta quinta-feira em vários canais de comunicação, desde a televisão ao digital, passando pela rádio, com a colaboração de atores e realizadores como Anabela Teixeira, António-Pedro Vasconcelos, Carla Chambel, Diogo Morgado, João Nuno Pinto, Joaquim de Almeida, Leonel Vieira, Lúcia Moniz, Maria João Bastos, Miguel Gonçalves Mendes, Sérgio Graciano e Vicente Alves do Ó.

Segundo o site filmspot.pt, as peças centrais da comunicação são três spots onde Nuno Markl é o ator principal e interage com outros espectadores numa sala de cinema “Clean&Safe”.

De recordar que, depois de mais de três meses de encerramento devido à covid-19, as salas de cinema puderam reabrir a 1 de junho, com normas e procedimentos determinadas pela Direção-Geral de Saúde, incluindo mudanças nos horários das sessões e redução no número máximo de espectadores permitido em cada sala.

Dados do Instituto do Cinema e Audiovisual (ICA) revelam que, em julho, foram ao cinema cerca de 78 mil espectadores, uma quebra de 95,6% face ao período homólogo de 2019, e em junho, foram 12.400 pessoas, o que representou uma quebra de 99% da assistência registada em junho de 2019.

PUB
Pingo Doce Sabe Bem

Viva! no Instagram. Siga-nos.