CIN - Branco Perfeito

Campanha alerta para a presença crescente de plástico nos mares

Campanha alerta para a presença crescente de plástico nos mares

“Se nada fizermos, em 2050 haverá mais plástico do que peixes nos oceanos” é o título da campanha que alerta que a poluição nos mares, rios e oceanos afeta todos os seres vivos e destrói os ecossistemas que mais produzem oxigénio.

Milhares de toneladas de plástico são despejados nos mares, rios e oceanos todos os anos. Apesar dos alertas, a produção e consumo de plástico tem aumentado, em vez de diminuir, e só uma pequena percentagem é reciclada. É urgente alterar modos de produção e hábitos, salienta a associação SOS Animal – Portugal, que chama ainda a atenção para uma preocupação ambiental emergente: o aumento “exponencial” da produção de máscaras, luvas e produtos de higienização relacionados com a pandemia de Covid-19.

Muitos desses produtos, diz a SOS Animal, acabam nos oceanos, rios e mares, “por negligência humana de produtores e consumidores e como resultado de maus hábitos”.

A “grande maioria” dos cidadãos não está sensibilizada para a questão, “sem consciência de que a maior parte dos resíduos deixados em espaços abertos (sem ser em caixotes do lixo), vão de facto acabar no mar”, aponta a organização.

“Todos nós podemos mudar hábitos”, acrescenta. “No nosso dia-a-dia, vamos reflectir sobre a forma de influenciar os outros e de educar os mais novos, dando o exemplo”, já que “quase tudo o que é deitado para o chão acaba no mar e nos rios”.

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/diga-ola-ao-verao-com-a-sabe-bem/?utm_source=cm&utm_medium=banner&utm_term=leaderboardmobile&utm_content=sabebem&utm_campaign=sabebem