Sogrape

Caminho Português da Costa certificado

Caminho Português da Costa certificado

O Governo acaba de certificar o Caminho Português da Costa para Santiago de Compostela, que une Porto a Valência, por reconhecer a sua “importância histórica e cultural”.

Em causa está um percurso de 138 quilómetros de extensão, que atravessa os concelhos do Porto, Matosinhos, Maia, Vila do Conde, Póvoa de Varzim, Esposende, Viana do Castelo, Caminha, Vila Nova de Cerveira e Valença.

Segundo indica a portaria, assinada pelas secretárias de Estado do Turismo, Rita Marques, e Adjunta e do Património Cultural, Ângela Ferreira, a certificação deve-se ao “elevado valor patrimonial dos traçados históricos do Porto e de Viana do Castelo”, à “autenticidade e integridade do itinerário, densidade do património edificado e beleza paisagística da envolvente”.

Para o Turismo do Porto e Norte, entidade gestora do Caminho da Costa, a certificação representa uma excelente notícia para os milhares de peregrinos que fazem o traçado. “Ajuda a estruturar este produto estratégico, que abarca vários segmentos do turismo, do religioso ao cultural, do patrimonial ao gastronómico”, indicou Luís Pedro Martins
“Esta certificação resulta de um trabalho em rede da Entidade Regional de Turismo com os municípios abrangidos e acaba por ser duplamente relevante por ser Ano Jacobeu”, acrescentou ainda o presidente do Turismo do Porto e Norte.

O responsável acredita que estão, agora, reunidas “melhores condições de promover um itinerário mais seguro, estruturado e sinalizado, permitindo uma melhor experiência a todos aqueles que o usufruam”.

Importante referir que este é o terceiro caminho a ser certificado, depois do Caminho Interior, que liga Viseu a Chaves, e o Caminho Central Português, que sai da Sé de Lisboa e passa por Tomar e Coimbra, até entrar no Porto.

Os Caminhos de Santiago são uma rota milenar seguida por milhões de peregrinos desde o início do século IX, quando foi descoberto o sepulcro do Apóstolo Santiago. Desde então, pessoas de todos os cantos do mundo percorrem os caminhos que conduzem à catedral onde se veneram as relíquias do Santo Apóstolo, dando origem a um fenómeno que se mantém e se reforça de dia para dia.

PUB
www.pingodoce.pt/pingodoce-institucional/revista-sabe-bem/diga-ola-ao-verao-com-a-sabe-bem/?utm_source=cm&utm_medium=banner&utm_term=leaderboardmobile&utm_content=sabebem&utm_campaign=sabebem