BPI

Câmara do Porto vai comparticipar vacina da gripe nas farmácias para munícipes com mais de 65 anos

Câmara do Porto vai comparticipar vacina da gripe nas farmácias para munícipes com mais de 65 anos

“O município do Porto prepara-se para estabelecer um protocolo com a Associação Nacional de Farmácias (ANF) e os dois agrupamentos de centros de saúde da cidade (ACeS Porto Oriental e ACeS Porto Ociental), que visa incentivar a toma da vacina da gripe sazonal nas farmácias comunitárias do Porto”, anunciou, ao final do dia de sexta-feira, o presidente da Câmara Municipal, Rui Moreira, sublinhando que o objetivo é “descongestionar os centros de saúde e incentivar a vacinação de um maior número de pessoas”. 

Numa nota publicada na sua página oficial, a autarquia recorda que para os cidadãos com 65 ou mais anos de idade a vacina é já gratuita, mas o custo de ministrá-la numa farmácia é de 2,5 euros, valor que pretende então cobrir. 

Com esta medida, o autarca acredita que o município estará a “alivar a pressão dos centros de saúde para as farmácias, que neste momento já é elevada” e, simultaneamente, a “criar condições para que mais pessoas se sintam confortáveis e seguras para que, num ambiente que até será de maior proximidade, lhes seja ministrada a vacina da gripe”. 

De acordo com a nota divulgada, para que o protocolo seja estabelecido, é ainda necessário “obter o parecer do Ministério da Saúde e da Direção-Geral da Saúde”, algo que “não deverá tardar a chegar”.  

“Vejo todos os benefícios e mais alguns em que tal venha a acontecer e que seja prontamente aceite a nossa proposta. O município do Porto está a disponibilizar recursos para contribuir para o descongestionamento dos serviços de cuidados médicos primários, numa altura que é ainda mais crítica”, apontou ainda Rui Moreira, dando conta da realização de um segundo protocolo, que irá abranger “todos os funcionários do município”. 

O anúncio surgiu aquando de uma visita do autarca à Farmácia Alves, no Carvalhido, acompanhado pelo vereador da Habitação e Coesão Social, Fernando Paulo, e pelo presidente da Delegação do Norte da Associação Nacional das Farmácias, Francisco Faria. 

Recorde-se que a campanha de vacinação contra a gripe começa esta segunda-feira, mais cedo do que nos anos anteriores, que, habitualmente, tem início em meados de outubro. De acordo com a Direção-Geral da Saúde, nesta primeira fase a prioridade será dada aos residentes em lares, profissionais de saúde e profissionais inseridos no setor social, seguindo-se as pessoas com mais de 65 anos e doentes crónicos, a partir de 19 de outubro. 

PUB
Pingo Doce Sabe Bem

Viva! no Instagram. Siga-nos.